Vila Verde

Bailarinas de Braga e Vila Verde com voto de louvor na Assembleia da República

Redação
Escrito por Redação

Carolina Costa e Lara Machado, de Braga e Vila Verde, receberam esta manhã um voto de louvor na Assembleia da República, proposto pela líder do CDS-PP, Assunção Cristas, e aprovado por unanimidade por todo o plenário.

A dupla recebeu esta distinção integrada na comitiva do Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchez, pelos feitos alcançados na final do Dance World Cup, que se realizou em Barcelona no final do mês de junho.

Sobre Lara Machado

O destino separou-as em 2017 mas voltaram a unir-se em 2018. Lara Machado, de 14 anos, e Carolina Costa, com 11, arrebataram um total de nove medalhas de ouro durante o último Dance World Cup, em Barcelona, ao representar o conservatório de dança Annarella Sanchez, de Leiria, que representou Portugal nesta que é a maior competição de dança a nível mundial para crianças e jovens.

Lara Machado, de Carreiras São Miguel, em Vila Verde, terminou o Dance World Cup com um balanço de sonho para qualquer atleta desta competição, depois de já ter participado no ano passado, ao serviço da Ent’artes de Braga, a jovem revelação representou a prestigiada escola de dança portuguesa, depois de estar há um ano em Leiria.

A jovem bailarina de Vila Verde arrebatou cinco medalhas de Ouro e três de Prata em coreografias de grupo, uma de Bronze em trio e uma excelente prestação a nível individual (94 pontos do júri em 100), que lhe valeu o 4.º lugar a nível mundial na coreografia a solo “Cielo”, uma das provas mais prestigiadas deste campeonato.

Lara Machado com  a coreografia “Cielo” em Barcelona

Lara Machado consegue uma evolução notável em relação à prestação do ano anterior, em Offenburg, na Alemanha, depois de um ano em Leiria, para onde foi viver e estudar para perseguir o sonho de ser aluna do Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchez e de um dia poder vir a trabalhar para uma das maiores companhias de Bailado em Paris ou Nova Iorque.

“Agradeço aos meus pais por me apoiarem, aos meus professores que me acompanham aos meus colegas pela união e a todos os que mesmo longe torciam por mim”, diz a atleta, que foi recentemente nomeada pelo departamento da cultura da Câmara de Vila Verde como embaixatriz do concelho.

Lara regressou no passado domingo de Barcelona, mas ainda não vai ter direito a férias. Esta segunda-feira iniciou um curso intensivo de verão, que se estende durante todo o mês de julho, no conservatório Annarella Sanchez, onde trabalhará com professores de renome mundial. “Os resultados só surgem com muito trabalho,esforço e dedicação e férias só em agosto”, alude a mãe, Mónica Machado.

Quem ficou contente com a prestação da antiga, agora nova, colega, foi Carolina Costa, que competiu com Lara há um ano, pela Ent’artes, e este ano juntou-se também ao conservatório de Leiria.

“Quem diria que após um ano iríamos estar as duas novamente no palco da final do Dance World Cup, a dançar juntas uma coreografia de grupo e a receber uma medalha… mas desta vez com um sabor ainda mais especial… pois em vez de bronze foi de ouro”, escreveu Carolina Costa nas redes sociais, referindo-se a Lara Machado.

Sobre Carolina Costa

A bailarina bracarense Carolina Costa, de apenas 11 anos, teve uma participação histórica no Dance World Cup de Barcelona. Em seis coreografias que apresentou, conquistou cinco medalhas, sendo quatro de ouro e uma de prata. Carolina Costa integrou no passado dia 13 de junho o Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchez e foi já integrada nesta prestigiada escola que representou Braga e Portugal nesta final do DWC – O maior concurso mundial na área da Dança.

“Foi para mim uma enorme honra e satisfação poder participar nesta final do DWC integrando o grupo do Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchez. Apesar do pouco tempo que tive para aprender e ensaiar as coreografias que dancei em seis dias, o resultado foi fantástico! Para isso muito se deve a forma como fui recebida por todos os meus colegas de Consevatório, a quem agradeço do fundo do coração e o trabalho desenvolvido pelos professores, que é sem dúvida de excelência”, refere Carolina Costa.

Carolina Costa durante a coreografia “Amanhecer” em Barcelons

“Neste momento de alegria e felicidade quero agradecer de uma forma muito especial à professora Annarella Sanchez e ao Professor Enrique Perez Cancio por terem dedicado tanto do seu tempo à minha integração no grupo. Não posso também esquecer todo o trabalho que foi feito pelos professores da Ent’artes que muito contribuiu para a minha formação como bailarina. Por fim tudo isto não seria possível sem o apoio constante dos meus pais e familiares, a quem agradeço por mais uma vez estarem ao meu lado, acompanhando sempre as minhas deslocações e por viabilizarem a mudança para Leiria” – destaca ainda a bailarina bracarense.

No total o Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchez conquistou mais de 30 medalhas nas várias categorias e escalões em que participou e vários prémios individuais e coletivos. Desta forma obteve a melhor classificação entre todas as escolas portuguesas que participaram na competição e contribuiu de uma forma decisiva para o 3º lugar alcançado por Portugal – Medalha de Bronze, entre os 48 países que particiaparam na final do Dance World Cup 2018.

Recorde-se que foi anunciado na passada quarta-feira dia 27 de Junho, que a cidade de Braga vai acolher a final desta competição em 2019. O Dance World Cup junta cerca de 6500 crianças e jovens de 48 países. Numa primeira fase, a competição reliza-se localmente através de semifinais com cerca de 20.000 crianças e jovens bailarinos dos 4 aos 25 anos. Os vencedores classificam-se para a grande final. O Dance World Cup destaca-se por reunir num só evento quase todas as modalidades da dança. Do ballet clássico, contemporâneo, hip-hop, street dance, acro dance, jazz, sapateado, comercial, folclore nacional e pela primeira vez em 2019 irá ter danças de salão.

Medalhas conquistadas por Lara Machado no Dance World Cup em categorias de grupo, trio e individual

Medalha de Ouro com a coreografia “Vozes da Primavera”
Medalha de Ouro com a coreografia “Amigas de Gisele”
Medalha de Ouro com a coreografia “Mosquito Tweeter”
Medalha de Ouro com a coreografia “Amanhecer”
Medalha de Ouro com a coreografia “Seguidilhas”
Medalha de Prata com a coreografia “Suite do Corsário”
Medalha de Prata com a coreografia “Adigueia”
Medalha de Prata com a coreografia Moldoveniasca
Medalha de Bronze com a coreografia “Nas”

Medalhas conquistadas por Carolina Costa no Dance World Cup em categorias de grupo

Medalha de Ouro com a coreografia “Vozes da Primavera”
Medalha de Ouro com a coreografia “Mosquito Tweeter”
Medalha de Ouro com a coreografia “Amanhecer”
Medalha de Ouro com a coreografia “Seguidilhas”
Medalha de Prata com a coreografia “Suite do Corsário”

Biografia de Lara Machado

Lara Machado, nasceu a 1 de março de 2004 e é natural de Vila Verde. Ingressou na Ent’artes-Escola de dança no ano de 2013.

No ano seguinte começou a trabalhar num regime mais intenso, cerca de três horas diárias, entrando no mundo da competição de dança clássica e contemporânea.

No dia 9 de outubro de 2016 concorreu no “II Prémio jovens talentos”,Braga 2016(Ibero-americano) e classificou-se com um 3° lugar.

Em Novembro último a Lara Machado esteve presente nas semifinais do Youth América Grand Prix em Paris, onde ficou selecionada juntamente com os seus colegas com duas coreografias de grupo .
Em fevereiro de 2017 dançou no palco da semifinal do Dance World Cup 2017 na Figueira da Foz e conquistou três medalhas de bronze e uma de prata, ficando assim apurada para representar Portugal na final do Dance World Cup na Alemanha, Offenburg.

Em abril, Lara Machado “voa” para Nova Iorque para a final do Youth América Grand Prix, um dos maiores concursos de dança no mundo.
No mesmo mês, participou no Festival Norte-Dança 2017 onde arrecadou uma medalha de bronze , em trio que permitiu o acesso direto ao World All Dance Internacional Orlando 2017.

Ainda nesse mês, a Lara obteve bons resultados no Leiria Dance competition 2017, duas medalhas de ouro, quatro medalhas de prata e uma de bronze. Onde recebeu também mais uma bolsa para o Conservatório Internacional Annarella Sanches.

Em maio esteve presente no CIB- concurso internacional de bailado onde atingiu um 1.° lugar em grupo contemporâneo, um 2.° lugar em quarteto clássico é um 3°lugar em grupo neoclássico. Em junho de 2017, representou as cores de Portugal e recebeu medalha de bronze em grupo , onde estiveram presentes 47 países com cerca de 12.000 participantes. Em agosto a Lara participou num casting onde foi escolhida para ser embaixadora do Algarve Dance open 2017, ingressando depois no Conservatório Annarella Sanchez, de Leiria.

Biografia de Carolina Costa

Carolina Costa nasceu em Braga em Outubro de 2006, com apenas 3 anos iniciou o seu percurso na dança. Aos 8 anos integrou a Ent’artes – Escola de Dança de Braga, tendo já participado em vários saraus, eventos e espetáculos.

Em setembro de 2017 concorreu pela primeira vez ao Prémio de Jovens Talentos de Braga, tendo conquistado o 1.º lugar. Em 2016 iniciou a participação em competições, tendo sido sempre premiada ou medalhada nos vários concursos onde participou.

Leiria Dance Competition, Figueira da Foz, 29, 30 de Abril e 1 de maio de 2017: Medalha de Bronze, categoria de solista clássico / Medalha de Ouro, categoria de solista contemporâneo / /Medalha de Ouro, categoria Trio Clássico Pas de Trois do Quebra Nozes / Medalha de Prata, categoria grupo clássico Papaguenos / Medalha de Ouro, categoria grupo contemporâneo Alma Mater / Medalha de Prata, categoria grupo contemporâneo Schindler List; / Prémio especial melhor solista contemporâneo (divisão A)

Concurso Internacional de Bailado, Porto, 19, 20 e 21 de Maio de 2017: Medalha de Ouro, categoria grupo de contemporâneo “Alma Mater” / Medalha de Prata, categoria solista contemporâneo / Medalha de Bronze, categoria trio de clássico Pas de Trois Quebra-Nozes / Medalha de Bronze, categoria grupo clássico Papaguenos / Prémio especial melhor solista eleita pelo público (Prémio Ballet Rosa)

Dance World Cup, Offenburg, Alemanha, 23 de Junho a 1 Julho de 2017: Medalha de Bronze, categoria grupo de contemporâneo “Alma Mater”

YAGP (Youth America Grand Prix) Semi-Final Europeia, Paris, 8 a 12 de novembro 2017 – Top 12 na categoria Pré-Competitivo como solista em contemporâneo, 3.º lugar em Pas de Deux – Harlequinade. Tanzolym 2018 – Final, Berlim, 16 a 19 de Fevereiro de 2018 – 2.º Lugar em Pas de Deux Clássico – Harlequinade

Dançarte Algarve International Dance Compettition – Faro, abril 2018 – Medalha de Bronze em Dueto Clássico “Dueto para Handell” com Diana Faria.

Concurso Sonhos nos Pés, Braga, Abril 2018 – 2º Lugar com a coreografia Neoclássica “Luna Llena” em dueto com João Pedro Freitas.

Concurso Internacional de Bailado, Porto, 11, 12 e 13 de maio 2018: Medalha de Ouro, categoria de Dueto Clássico “Dueto para Handell” / Medalha de Bronze, categoria de Pas de Deux “Pas de Deux Harlequinade” / Medalha de Bronze, categoria de Grupo Clássico “Pas de Quatre Swan Lake”

Nos últimos dois anos foi também admitida por audição e com bolsa de estudo nas seguintes escolas de ballet:

Royal Ballet School, Londres – Intensive Summer School, verão de 2016 e 2017; École de la Ópera National de Paris – Summer School em julho 2017; Bolshoi Ballet Academy – Summer Intensive Course no verão de 2017 e American Ballet Theater (ABT) – Summer School no verão de 2017.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação