Cultura Destaque Vila Verde

Vila Verde. Obras na antiga adega retiram sede à Bullire

(c) FAS / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

A Associação Cultural Bulllire, de Vila Verde, vai ficar temporariamente sem sede física, fruto das obras de requalificação da antiga adega que devem iniciar ainda durante este ano de 2018.

Em comunicado, aquela associação cultural dá conta aos sócios, amigos e simpatizantes que, em ano de comemoração do 10.º aniversário, a Bullire vai ficar sem sede e que isso vai ser notado. No entanto, a mesma associação mostra compreensão por achar que estas obras são “há muito ansiadas” pela população.

“Em ano de comemoração do 10º aniversário da Bullire, a falta de um espaço físico próprio será notada. No entanto, a associação acredita que o sacrifício não será em vão, a empreitada é motivo de reforçada esperança numa nova etapa para o desenvolvimento da agenda cultural vila-verdense, dotada de um espaço que possa acolher, promover e impulsionar os mais diversificados eventos e iniciativas”, refere a nota enviada à imprensa.

“Após um longo período sem um espaço próprio a associação conquistou a tão desejada sede, um dos maiores objetivos desde a fundação, com o apoio do Município de Vila Verde. Um espaço de portas abertas para todos, de promoção e divulgação da cultura, que dotou a associação da autonomia necessária para a melhoria e consolidação do trabalho desenvolvido. Findas as obras, ficou o compromisso da Bullire voltar à sua sede, contiguamente integrada neste novo equipamento cultural”, refere ainda a Bullire, dizendo mesmo que “não pára e nem pensa em abrandar”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação