Braga Desporto Destaque

Futebol. Braga esmaga Newcastle na apresentação aos sócios

Terceiro golo do Braga (c) Joaquim Lima
Redação
Escrito por Redação

Ricardo Horta (52), João Novais (77), Franségio (85) e Dyego Sousa (90) foram os marcadores dos golos da justa vitória dos minhotos, que mostraram estar prontos para a primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, diante do Zorya Luhansk, na Ucrânia, em 09 de agosto.

No jogo de apresentação aos sócios e que encerrou a pré-temporada dos minhotos (apenas uma derrota, com o Leixões, 2-1, no ‘1.º de Maio’), a equipa de Abel Ferreira venceu de forma clara o Newcastle, histórico clube inglês que tinha empatado a zero no ‘Dragão’, diante do FC Porto, no sábado.

A equipa soltou-se na segunda parte, depois de um primeiro período mais equilibrado, e sob a ‘batuta’ de Fransérgio, e de João Novais mais tarde, a verticalidade de Esgaio e o pragmatismo de Ricardo Horta, construiu um resultado ‘gordo’, mas que faz jus à sua exibição.

A nota mais negativa da noite foi mesmo a lesão de Paulinho (saiu aos 20 minutos), mas o diagnóstico final está por fazer.

4,º golo do SC Braga (c) Joaquim Lima

O Sporting de Braga apresentou-se diante da turma orientada pelo espanhol Rafa Benítez com um ‘onze’ com apenas um reforço, o médio defensivo Claudemir, e que pouco deverá fugir à estreia dos jogos oficiais.

Diante de uns ingleses pouco afoitos, ainda que com o primeiro remate perigoso da partida (Pérez, 02), o Braga foi quase sempre superior e, na primeira parte, esteve perto de marcar por algumas vezes, com destaque para um remate ao poste de Wilson Eduardo (26 minutos).

Ricardo Horta, com um remate de fora da área, mas mais em jeito do que em força, inaugurou o marcador (52) e, três minutos depois, podia ter voltado a marcar, mas rematou por cima, após assistência de Esgaio.

Casa bem composta no Municipal (c) Joaquim Lima

Aos 71 minutos, João Novais isolou Wilson Eduardo, mas, com tudo para marcar, e ainda Ricardo Horta ao seu lado, o avançado rematou às malhas laterais.

A equipa portuguesa marcaria mais três golos: por João Novais, depois de mais um passe de Esgaio (77), Fransérgio, de cabeça, após livre de Novais (85), e Dyego Sousa (90), com assistência de Sequeira, dando tons de goleada e bons augúrios para uma época em que a fasquia subiu – o Sporting de Braga quer melhorar o quarto lugar da época passada e sonha com o título.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação