Destaque Vila Verde

Vila Verde. Autarcas do Pico fintaram calor com as “Noites Temáticas”

Redação
Escrito por Redação

As Noites Temáticas deram o pontapé de saída na IX edição da Rota das Colheitas e trouxeram ainda mais calor a um agosto quente, com uma vasta programação cultural que encheu de vida a Vila do Pico de Regalados. No total, foram apresentados nove espetáculos ao vivo, que despertaram o interesse de vários picoenses e visitantes. A 3 e 4 de agosto, passaram pelo palco um conjunto de diferentes manifestações artísticas, como o teatro, a dança e a música, com uma forte aposta na ‘prata da casa’ para dar visibilidade às coletividades locais. Dois dias em que o coração da vila fervilhou de vida com uma iniciativa que fez as delícias de miúdos e graúdos.

Na perspetiva do Presidente da Junta da Freguesia, César Cerqueira, o balanço da 5ª edição das Noites Temáticas é bastante positivo: “Correu muito bem, foram duas noites de casa cheia e o feedback que recebemos das pessoas foi muito positivo”. Admite que o facto de este ano reduzirem o número de noites trouxe vantagens para o evento “este ano foram só duas noites de atuações, mas isso fez com que os espetáculos se concentram-se mais”. Além disso, confessa que esta edição foi a que juntou maior número de espectadores, num evento que cresce todos os anos, “apesar de estar muita gente do Pico, foi o ano que esteve mais gente de fora”.

O autarca prosseguiu referindo que as Noites Temáticas são organizadas com o intuito de divulgar e valorizar o excelente trabalho desenvolvido pelas coletividades locais, proporcionar à população local um fim de semana de verão diferente (com diversos espetáculos culturais) de e dinamizar a vila, com benefícios diretos para o comércio local. César Cerqueira não escondeu que integrar a programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, ajudou ao crescimento do evento.

A abertura da primeira noite foi protagonizada por dançarinos(as) de palmo e meio, que cativaram o público com a atuação do balé infantil. De seguida, o grupo de dança sénior subiu ao palco para mostrar que a idade não passa de um número, aquecendo ainda mais a atmosfera com ritmos quentes e um espetáculo cheio de energia. Depois, a profundidade do Fado, Património imaterial da Humanidade e umas das expressões máximas da alma lusitana, invadiu o coração da vila com a atuação de Juliana Duarte e Tony. A noite terminou com a alegria da música tradicional do Minho dos ‘Tocanos’.

No último dia, sábado, foi apresentada a grande novidade desta edição, o espetáculo de música tradicional da Galiza protagonizado pelos Birloque Gaiteiros, que muito animaram o serão. Antes deles, os espectadores puderam apreciar uma peça teatral interpretada por um grupo local, as danças quentes da ‘Escola Pé de Dança’, de Braga e ainda um grupo local, o Rancho Infantil e Juvenil da Vila de Regalados. O evento é organizado pela Junta da União de Freguesias do Pico de Regalados, Gondiães e Mós, e insere-se na programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação