Amares Destaque

Descarga de fio de alta tensão em eucalipto fez arder meio hectare em Amares

Fernando André Silva

Um incêndio florestal consumiu meio hectare de mato na vila de Caldelas, concelho de Amares, entre a noite do passado domingo e madrugada desta segunda-feira.

Segundo informações recolhidas junto do comando dos Bombeiros de Amares, o incêndio teve início numa descarga dos fios de alta tensão após se terem encostado a um ramo de eucalipto.

“O ramo terá ficado preso ao fio que originou a descarga e começou a fazer fagullhas que terão ateado fogo no mato rasteiro por debaixo dos fios”, indicou o adjunto de comando Domingos Ferreira.

“Inicialmente chamaram-nos para um incêndio em equipamentos com suspeitas que teria sido num poste de alta tensão, mas, conforme nos aproximamos do local, pedimos mais reforços porque nos apercebemos que era mesmo um incêndio”, disse a mesma fonte.

“Ardeu perto de meio hectare”, acrescentou Domingos Ferreira, explicando que “a linha foi desativada para o combate ao incêndio e permaneceu assim durante segunda-feira”.

No entanto, esta terça-feira, alguns técnicos de reparação estiveram no local e cortaram os eucaliptos ao redor dos fios, que já eram alguns, atirando os mesmos para a área ardida, que ainda é possível de padecer de um reacendimento, algo que motivou a deslocação da GNR de Amares ao local.

Este é o terceiro incêndio provocado por descargas de fios de alta tensão contra ramos de eucalipto na região, depois de ter ardido também perto de meio hectare em Montariol, num incêndio no início deste mês, como noticiou em exclusivo o Semanário V, e em Cervães, tendo esse apenas sido considerado um pequeno fogo.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista