Desporto Vila Verde

Canoagem. Já “cheira” a Mundial na Vila de Prado

Apresentação do Campeonato do Mundo de Canoagem 2018 (c) Mariana Gomes / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

A Vila de Prado já “cheira” a Mundial de Canoagem. O pódio, ponto de referência da prova, já está instalado na Praia Fluvial do Faial. Anuncia uma das competições maiores da modalidade a nível mundial, que vai decorrer de 03 a 09 de setembro.

A competição juntará mais de mil atletas, provenientes de 50 países. A organização eleva a fasquia e pretende voltar a organizar “uma das melhores provas de sempre”.

Face à dimensão da prova e ao nível de exigência, registam-se alterações profundas no espaço, na Praia do Faial, com equipamentos amovíveis. De resto, está montado um plano de segurança e de circulação para os automóveis e para os peões.

Apesar da forte logística que a competição comporta, que começa agora a ser instalada na envolvente às margens do Rio Cávado, serão disponibilizados três parques de estacionamento e haverá um programa de animação para os momentos em que não estão a decorrer provas desportivas.

O investimento total é de 300 mil euros, dividido pelo Município de Vila Verde, pela Federação Portuguesa de Canoagem, pela Junta de Freguesia da Vila de Prado e pelo Clube Náutico de Prado.

Portugal “é em 2018 a capital da canoagem mundial”, porque receberá também o Campeonato do Mundo de Velocidade. O presidente da FPC, Vítor Félix, destaca duas “imagens de marca” da canoagem portuguesa: “os resultados desportivos de excelência e a capacidade de organizar grandes eventos internacionais desde 2009”.

Ainda esta semana, dando continuidade às atividades de promoção da prova, será instalado o pórtico de boas-vindas (em diferentes línguas), na Avenida do Faial.

Seguir-se-ão dias de muita azáfama, para instalação de toda a logística e preparação de todos os detalhes inerentes a uma prova com o nível de exigência que o Campeonato do Mundo comporta.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação