Braga Destaque

Braga. Condutor suspeito de homicídio negligente tinha 1,58 g/l no sangue

Suspeito foi detido pela PSP
Redação
Escrito por Redação

O condutor da viatura que abalroou mortalmente um jovem distribuidor da Telepizza, esta quinta-feira, tinha 1,582 g/l de taxa de álcool no sangue, avançou esta manhã o comando distrital da PSP em comunicado.

Segundo aquela força, o homem, de 61 anos, foi detido por agentes da PSP de Braga pelas 22h20 na Rua de São Vicente, a poucos metros do local do acidente, que ocorreu pelas 20h30 no lugar de Cabanas, entre São Vicente e Dume.

Segundo aquela força, o homem foi detido por “suspeita de homicídio por negligência em acidente de viação” no qual “resultou um morto” de 23 anos, “condutor do outro veículo motorizado interveniente no sinistro”.

A PSP indica que o homem foi sujeito ao teste de alcoolemia tendo apresentado uma “TAS de 1,582 g/l no sangue”.

O detido irá ser presente hoje no Tribunal Judicial de Braga.

Segundo o código da estrada, se a taxa de álcool no sangue for igual ou superior a 1,2 g/l, é considerado crime e punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 120 dias, se a pena mais grave lhe não couber por força de outra disposição legal.

A vítima mortal era um jovem distribuidor da Telepizza que sofreu o acidente enquanto trabalhava. Era aluno da licenciatura e mestrado integrado em Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores da UMinho e residente na freguesia de São Victor.

Era também um conhecido praticante de artes marciais e desportista tendo já representado o Sporting Clube de Braga.

O condutor da viatura que abalroou a motorizada pôs-se em fuga, com o carro a perder várias peças pelo caminho.

matrícula da viatura em fuga ficou no local do sinistro

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação