Destaque Vila Verde

Vila Verde. Pórtico gigante dá as “boas-vindas” ao Campeonato do Mundo de Maratona em Canoagem

Redação
Escrito por Redação

Um pórtico gigante, instalado na Avenida do Cávado, rumo à Praia do Faial, na Vila de Prado, dá as boas-vindas ao Campeonato do Mundo de Maratona em Canoagem 2018, que vai decorrer naquela zona fluvial de referência da região e do País, de 03 a 06 de Setembro próximo. A prova vai reunir mais de mil atletas, em representação de mais de 50 países, pelo que as boas-vindas são dadas em diferentes línguas, pontuadas por imagens de competições de topo ali realizadas em anos anteriores.

Paulatinamente, começa a ganhar forma o espaço onde vai decorrer a maior prova mundial de sempre de canoagem. De resto, Vila Verde e a Vila de Prado apostam forte na promoção e divulgação da competição, «para produzir uma boa imagem do Concelho e da Região, mas também para demonstrar a excelência organizativa de um dos maiores eventos mundiais do calendário canoísta da International Canoe Federation», destaca o presidente da câmara de Vila Verde, António Vilela.

«O facto de termos cá mais de mil atletas, alguns as maiores referências mundiais da modalidade, assim como delegações de mais de 50 países, constitui uma oportunidade única de promover o concelho além-fronteiras», assinala o edil. Para António Vilela, «Vila Verde já demonstrou que está ao nível dos grandes desafios e não pode perder esta oportunidade de promover o território, nas suas vertentes histórica, paisagística, cultural e turística, entre outras. Unidos vamos mostrar que sabemos acolher bem, com qualidade e excelência. Queremos ajudar a realizar a maior prova de sempre, pelo que – não temos dúvidas – trará retorno para o Concelho, no imediato e no futuro».

Neste domínio, o autarca volta a destacar a parceria com a Federação Portuguesa de Canoagem, com o Clube Náutico de Prado e com atletas como José Ramalho. Tudo graças ao «excelente trabalho» do CN Prado, «um orgulho para a Vila de Prado, Vila Verde e para Portugal».

Face à dimensão da prova e ao nível de exigência, registam-se alterações profundas no espaço, na Praia do Faial, com equipamentos amovíveis. De resto, está montado um plano de segurança e de circulação para os automóveis e para os peões.

Apesar da forte logística que a competição comporta, que começa agora a ser instalada na envolvente às margens do Rio Cávado, serão disponibilizados três parques de estacionamento e haverá um programa de animação para os momentos em que não estão a decorrer provas desportivas.

O investimento total é de 300 mil euros, dividido pelo Município de Vila Verde, pela Federação Portuguesa de Canoagem, pela Junta de Freguesia da Vila de Prado e pelo Clube Náutico de Prado.

«Um investimento que vai ter retorno, certamente», vinca o Vereador da tutela do Desporto, Patrício Araújo.

Nas próximas duas semanas, vai ter início a instalação de todos os equipamentos para uma prova com o nível de exigência que o Campeonato do Mundo comporta.

 

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação