Braga Destaque

Candidaturas abertas para investigadores no INL de Braga

Redação
Escrito por Redação

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) vai implementar um Programa de Mobilidade de curto prazo que consiste na atribuição de 10 vagas para residências de curta duração no INL (até 8 semanas) a investigadores da indústria e da comunidade científica. Os investigadores interessados podem apresentar a sua candidatura até ao dia 1 de junho de 2019, sendo que a primeira data de seleção dos candidatados ocorre já a 1 de setembro.

O objetivo deste Programa de Mobilidade é fomentar a investigação colaborativa nos projetos de inovação e promover o ecossistema nanotecnológico, dando a oportunidade aos participantes de trabalharem com os melhores especialistas em diversas áreas da nanotecnologia.

Durante a realização do programa, os participantes terão a oportunidade de conhecer as infraestruturas do INL; aprender as técnicas de investigação e acompanhar as atividades de investigação em curso; identificar oportunidades de inovação com base na nanotecnologia; participar em seminários e workshops que estejam a decorrer no INL; desenvolver atividades docentes e divulgativas; apoiar na preparação de propostas de projetos europeus, entre outras atividades.

“Esta ação é uma excelente oportunidade para a promoção de uma interação muito próxima dos investigadores do INL com a indústria e comunidade científica, a fim de promover uma colaboração futura de investigação e a transferência de nanotecnologia. Por outro lado, através desta ação, o INL irá contribuir para a criação de massa crítica especializada nestas áreas, nas regiões transfronteiriças entre Portugal e Espanha, ao mesmo que promove a ligação entre centros de I&D/universidades e empresas”, explica Sonia Pazos, responsável pelo projeto nanoGateway do INL.

Os investigadores e estudantes interessados em participar neste Programa de Mobilidade de nanoGateway no INL poderão apresentar a sua candidatura online (http://nanogateway.eu/pt-pt/research-mobility-program/#registe-se), sendo que os candidatos serão selecionados e avaliados em função do seu curriculum, da sua carta de apresentação e da originalidade da sua ideia de projeto ou plano de trabalho proposto. Nota ainda para o facto de os candidatos terem de pertencer a uma das oito regiões do espaço de cooperação fronteiriço entre Portugal e Espanha: Algarve; Alentejo; Centro; Norte; Andaluzia; Castela, Estremadura e Galiza (http://nanogateway.eu/pt-pt/#poctep).

A primeira data de seleção dos candidatos acontece já a 1 de setembro, estando ainda previstas mais duas datas para a seleção de candidaturas: 1 de fevereiro de 2019 e 1 de junho de 2019. Os candidatos serão notificados pelo INL quatro semanas após cada data-limite.

Recorde-se que o Programa de Mobilidade está inserido no âmbito do projeto nanoGateway do INL. O nanoGateway é um projeto pioneiro que visa dar resposta aos desafios das empresas, mas também das entidades públicas, como autarquias, comunidades intermunicipais ou áreas metropolitanas das regiões transfronteiriças entre Portugal e Espanha. Na prática, trata-se de uma plataforma que pretende ser o ponto de encontro entre as empresas, e as suas necessidades específicas, e os especialistas, nacionais ou internacionais, com trabalho desenvolvido nessa área. Um projeto “ciência chave na mão”.

Sobre o INL

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, INL, é uma organização intergovernamental criada para fomentar a investigação interdisciplinar em nanotecnologia e nanociência. Localizado em Braga, o objetivo do INL é tornar-se num hub mundial para o desenvolvimento da nanotecnologia e assim responder aos grandes desafios da sociedade. O programa de investigação do INL abrange quatro campos estratégicos de aplicação da nanociência e da nanotecnologia: Monitorização alimentar e ambiental; ICT; Energias Renováveis e Saúde.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação