Braga Destaque

Credores decidem futuro da Associação Industrial do Minho em setembro

Tribunal de Braga
Agência Lusa
Escrito por Agência Lusa

O futuro da Associação Industrial do Minho (AIMinho) vai ser decidido a 05 de setembro, numa assembleia de credores marcada para votar a sua recuperação ou liquidação, confirmou à Lusa o atual responsável pela instituição, António Marques.

Num documento judicial a que a Lusa teve acesso, o Tribunal Judicial da Comarca de Braga, Juízo de Comércio de Vila Nova de Famalicão, marcou para dia 05 de setembro de 2018 “a realização da reunião de assembleia de credores para discussão e aprovação do Plano de Insolvência” da AIMinho.

Em setembro de 2017, o Plano Especial de Revitalização (PER) apresentado pela AIMinho, que tem uma dívida superior a 12 milhões de euros e como principais credores a Caixa Geral de Depósitos (seis milhões de euros) e o Novo Banco (5,6 milhões de euros), foi rejeitado por 98%, tendo sido aprovada a insolvência daquela instituição minhota.

Comentários

Acerca do autor

Agência Lusa

Agência Lusa