Vila Verde

Conan Osiris sonha com Braga e quer ‘samplar’ os sinos da Sé

Fernando André Silva

Conan Osíris, o “músico do futuro”, regressa ao Theatro Circo, em Braga, para um concerto que promete ser o mais concorrido do jovem músico na cidade dos arcebispos, realizando-se em plena Noite Branca.

Tiago Miranda é o verdadeiro nome do artista a que o PÚBLICO chama de “extraterrestre muito cá da terra“, o Observador que “traz a música do futuro“, enquanto a BLITZ diz que é “enigma”. Nós dizemos que o Conan regressa este sábado a Braga para um concerto que promete lotar.

À conversa com o Semanário V, o também apelidado de novo António Variações diz que já tinha sonhado com esta região e que isso só pode ter um qualquer significado profundo e uma conexão intensa com a “cidade mais encantadora”, ou não tivesse também Variações nascido em Amares, a um passo de Braga.

Com um estilo musical que alia digital e tradicional, bebe no fado com o toque de “cantar para dentro” dado pelo autor e compositor de pérolas como “Borrego” e “Celulite”,

Para a noite mítica onde a cidade recebe centenas de milhares de pessoas na noite de branco, Conan Osíris garante que a urbe está preparada para o receber e até para ceder uns samples dos sinos da Sé. “Adorava usar [samples dos sinos da Sé de Braga], adoro sinos”, garante.

Tiago adora sinos como adora Braga e como adora bolos, ou não fosse “Adoro Bolos” o nome do álbum de estreia, lançado no início de 2018, que já faz sucesso em várias plataformas online e que valeu ao músico a presença em importantes festivais nacionais e apresentações na TV.

Com atuação marcada para o próximo sábado, no Theatro Circo, inserido na programação da Noite Branca de Braga, Conan Osíris sobe ao palco num “movimento contínuo”, fechado a balanço, que conta com a atuação, em maio último, no mesmo local. “Sempre adorei Braga!”, realça, apontando a um sonho que o liga à cidade.

“Sempre adorei Braga. Inclusive ja tinha sonhado com Braga antes de ter ido lá [aqui] pela primeira vez. Quando lá [aqui] cheguei e vi uma parte de pedra igual a outra que tinha visto no sonho, fiquei muito tocado”, confessa.

Nesta edição da Noite Branca, e para além de Conan Osíris e DJ Marfox no Theatro Circo, existem outros três palcos onde decorrem concertos.

O ‘Palco na Praça’ recebe Gisela João, GNR, José Cid & Big Band, David Fonseca, Dj Fernando Alvim e Sopa de Pedra e as Vozes da Cidade.

Já no ‘Palco Avenida’ vão atuar Manel Cruz, Moullinex, Salvador Sobral, Cais Sodré Funk Connection e Funkamente.

O gnration recebe os Linda Martini, Bateu Matou, Bruma e Bits em Palco, entre outros.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista