Braga Cultura Destaque

De Braga a Rabo de Peixe. Paulo Moroso com exposição de fotografia nos Açores

Fernando André Silva

A paixão pela viagem e pela fotografia levou Paulo Moroso, fotógrafo bracarense e diretor da empresa BTennis, até à ilha de São Miguel, no arquipélago dos Açores, onde descobriu casualmente a comunidade piscatória de Rabo de Peixe, na Ribeira Grande.

Classificando-a como “sui generis e apaixonante”, o fotógrafo captou momentos onde os trabalhadores, na azáfama matinal, preparavam a faina para mais um dia de pesca.

Numa viagem de carro sem destino em maio último, Paulo Moroso viu-se assim envolvido na comunidade daquele local, que já foi classificado como o mais pobre de Portugal.

O convite para uma exposição surgiu naturalmente, estando agora o trabalho fotográfico de Paulo em exposição durante dois meses no Centro Comunitário de Rabo de Peixe. A inauguração decorreu no passado dia 7 e teve apoio das associações locais e da autarquia.

Segundo Paulo Moroso, esta foi uma das melhores experiências que teve na vida. “Este foi um dos dias em que me senti mais acariciado, participativo e contributivo na e para a sociedade”, refere o fotógrafo que faz sucesso no Instagram.

O fotógrafo ofereceu ainda um exemplar de fotografia a cada um dos retratados, gesto que emocionou aquela comunidade e as receitas da exposição revertem para a companhia de teatro local.

“Agradeço a todos os que me ajudaram e contribuíram para tornar este projeto o sucesso que foi e que está a ser. Um muito obrigado à associação AJURPE e a todos os seus associados pelo carinho e amizade que demonstraram para comigo e com o meu trabalho. Espero que este tenha sido mais um pequeno passo para todos nós desmistificarmos a vila de Rabo de Peixe nos Açores, tal como todos os que lá habitam. São pessoas genuínas, de trabalho árduo, mas sempre com um enorme coração”, escreve Paulo Moroso em nota à imprensa.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista