Braga Destaque

Braga. Já circula um abaixo-assinado pela defesa da antiga fábrica “Confiança”

Fernando André Silva

O anúncio [ainda não confirmado] de alienação a privados por 4 milhões de euros do antigo edifício da Fábrica Confiança, em São Víctor, Braga, continua a dar frutos na cidadania bracarense com um grupo de populares a lançar um abaixo-assinado para que o edifício seja restaurado para uso público.

Depois de um encontro promovido pela Junta de São Victor, que está contra a venda do imóvel a privados, agora é a vez de um documento circular pela internet a pedir como prioridade “uma solução alternativa” à alienação que classificam como “apressada e sem discussão pública”.

O abaixo-assinado aponta ainda a decisão da Câmara de Braga de não alocar verbas para a sua reabilitação, enquanto existem entidades públicas e privadas “empenhadas na salvaguarda” do edifício da Rua Nova de Santa Cruz, que liga os arredores do Braga Parque à UMinho.

Várias ideias foram já lançadas, desde 2012, ano em que o imóvel foi expropriado numa decisão polémica que envolveu o antigo dono, Hérnani Antunes, braço direito do atual dono da Altice, chegando mesmo o contrato, celebrado ainda sob tutela de Mesquita Machado mas com participação de Ricardo Rio, fosse investigado pelo Ministério Público, sem qualquer acusação.

A última sugestão vinda a público parte do líder da JS de Braga, Bruno Gonçalves, sugerindo a instalação de residências universitárias e um pólo cultural.

“A alienação a privados constitui um ato irreversível, representará uma perda inestimável para a Freguesia, para a Cidade e para o País e significará uma despromoção automática da candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura 2027”, termina a petição.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista