Destaque Vila Verde

Vila Verde. Filho dá alerta de incêndio e salva família de tragédia

(c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

A família Quintas não ganhou para o susto depois de um incêndio ter deflagrado na garagem situada no piso inferior da habitação onde residem, no lugar de Gondinho, em Ribeira do Neiva, concelho de Vila Verde.

As chamas, que podem ter começado devido a um curto circuito nos motores de extração de fumo de um café, situado no primeiro andar da habitação, acabaram por não alastrar devido à “sorte” de um dos filhos da família ter detetado o fumo antes de se deitar, pelas 2 horas da última madrugada.

Segundo contou ao Semanário V o dono da habitação, Crispim Quintas, as chamas atingiram uma pilha de lenha situada na garagem, mas não causaram estragos de maior.

“Estávamos todos a dormir quando o meu filho chegou e cheirou-lhe a fumo. Comentou comigo que devia haver um incêndio no monte mas quando fomos ver estava a garagem cheia de fumo”, conta Crispim, que agiu rapidamente para evitar uma tragédia.

“Despejamos estes dois extintores na lenha e tirámos os carros todos daqui de dentro para que não alastrasse”, conta. As chamas acabaram por não resistir às investidas de Crispim e do filho que conseguiram extinguir o fogo ainda antes da chegada de socorro.

Os Bombeiros de Vila Verde deslocaram-se com um Veículo Urbano de Combate a Incêndios rumo ao alto do monte que divide Ribeira do Neiva e Ponte de Lima, procedendo ao rescaldo e extração de fumo naquela habitação, que é mesmo das últimas antes de entrar no concelho limiense.

Também uma ambulância de Ponte de Lima e a VMER foram ativadas para o local, com uma idosa de 90 anos e um jovem de 13 a receberem assistência, mas sem necessidade de transporte hospitalar.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista