Destaque Vila Verde

Vila Verde. Francisco Rodrigues coleciona mais de 60 mil euros em orquídeas

Francisco Rodrigues (c) Mariana Gomes / Semanário V
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

Dono de um café no Pico de Regalados, conhecido como o Café Brasil, Francisco Rodrigues construiu um verdadeiro horto em casa. Quase 90% das plantas que coleciona são orquídeas e já conta com mais de 200 espécies diferentes espalhadas pelas varandas, pelo jardim ou pela entrada dos carros, onde construiu uma estufa.

Começou há mais de 30 anos, quando recebeu uma orquídea como presente de aniversário. “Uma altura fiz anos e, numa brincadeira, deram-me uma orquídea. Deixei-a no chão e começou a dar flor, a ficar bonita e a partir daí comecei a comprar. Hoje comprava uma, amanhã comprava outra… Conforme ia comprando, ganhava cada vez mais gosto”, conta.

Francisco Rodrigues (c) Mariana Gomes / Semanário V

Agora, tem mais de 200 espécies diferentes em casa. A irmã, os amigos e mesmo Francisco compram plantas cada vez que há alguma que chama a atenção e a coleção vai aumentando. “Quando passo num horto e vejo uma espécie diferente, compro. Tenho algumas que vieram da Holanda. Amigos que sabem da minha coleção também me trazem coisas diferentes”.

O número de espécies de orquídeas é surpreendente: existem mais de 50 mil espécies à volta do mundo – à exceção da Antártida – 20 mil encontradas na natureza e as restantes criadas em laboratório.

Embora o objetivo de Francisco não seja colecionar o número máximo de espécies, algo que seria, afirma, impossível, procura comprar espécies que ainda não juntou à coleção. Apesar da diversidade de cores, formas e tamanhos das orquídeas, que dá origem ao enorme número de espécies, Francisco consegue memorizar a cor de cada vaso, mesmo quando a planta não tem flor.

Não é uma coleção que fica barata. Francisco revela que em casa tem mais de 60 mil euros em plantas, mas poupa no trabalho. “É uma planta bonita, não dá trabalho, mas também é cara. Basta regar uma vez por semana e não gasta muita água. Também tenho um sistema de rega. Pega facilmente, desde que tenha terra e humidade não precisa de muitos cuidados”, explica.

Francisco Rodrigues (c) Mariana Gomes / Semanário V

Além disso, conta, com um vaso consegue fazer outros “três ou quatro novos”. “90% foi plantado por mim”, assegura, “com os ‘pés’ de alguns vasos, crio novos, conforme vão crescendo”. As plantas duram muitos anos, garante, e a flor da orquídea dura cerca de três meses. Apesar da maioria das espécies da planta não serem vistosas, as orquídeas despertam interesse aos colecionadores, tal como Francisco.

Transformou a casa numa espécie de horto, com sistemas de rega, estufas e plataformas construídas por Francisco, onde vai armazenando os vasos, conforme a coleção cresce. Garante que “há sempre espaço para mais, se for juntando os vasos, arranja-se sempre um bocadinho”. Apesar da diversidade de flores que tem em casa não ser tão grande, afirma que a diversidade de orquídeas ultrapassa a de alguns hortos, “que não têm metade” do que guarda em casa.

Além das orquídeas, reserva um espaço para catos, numa parte do jardim, que, tal como as orquídeas, não precisam de muitos cuidados. “As orquídeas de exterior dão-se à chuva, ao frio, a tudo, menos à neve” e os catos são, igualmente, fáceis de manter, “ocupam pouco espaço e deixam a casa bonita”.

Francisco Rodrigues (c) Mariana Gomes / Semanário V

Contudo, a coleção de Francisco é pessoal e não tenciona torna-la num negócio. Conta que já lhe “têm pedido para vender” vasos e flores, mas não aceita. “Fazia muito dinheiro se vendesse, fazia fortunas”, revela, “quando a planta tem flor fazia 15 euros por cada, se quisesse. Num horto ou numa florista uma flor de orquídea custa 14 ou 15 euros”.

Ocupado com o café que gere no Pico de Regalados, os dias são ocupados entre o trabalho e o hobby das plantas, que, garante, não vai passar de um passatempo. “Não tenho isto para fazer negócio, é só por gosto. Para fazer dinheiro eu trabalho”.

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista