Braga Destaque

Escola de Braga com falta de funcionários abriu portas esta quinta-feira

Redação
Escrito por Redação

O Conservatório de Música de Braga [Calouste Gulbenkian] abriu portas para o novo ano letivo esta quinta-feira, depois de três dias em suspenso devido a falta de funcionários que assegurassem a segurança dos 620 alunos.

Segundo a diretora Ana Maria Caldeira, o Ministério da Educação terá resolvido o problema e disponibilizado sete novas assistentes operacionais para assegurar pelo menos o arranque do ano letivo. No entanto, estas estão em regime parcial, deixando a média exigida de assistentes operacionais aquém do estipulado em lei.

O Conservatório de Música Calouste Gulbenkian é uma escola com algumas particularidades que a tornam diferente das escolas básicas e secundárias do ensino público em geral, uma vez que se trata de uma escola artística e integra essa componente vocacional com testes de ingresso, apenas entrando alunos com aptidão para a área musical.

Esta escola está incluída no projeto lançado pela Câmara de Braga de transporte escolar gratuito para retirar tráfego automóvel do centro da cidade.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação