Braga Destaque

Bombeiro Sapador volta a trazer importante concurso para Braga

Foto: Joaquim Gomes
Redação
Escrito por Redação

A prova Bombeiro de Elite, em Braga, que consiste em subir o Escadório do Bom Jesus do Monte com mais de 20 quilos de equipamento de proteção individual (fardamento de combate a incêndios urbanos), triplicou o número de participantes em relação à primeira edição, o ano passado, mas continua com inscrições abertas, pois a organização daquele evento internacional garantiu a capacidade para acolher até meio milhar de bombeiros.

Com data para o próximo dia 13 de outubro, um sábado, logo a partir das dez horas da manhã, a prova conta já com mais de três centenas de inscritos, cerca de 10 por cento dos quais são estrangeiros, mais concretamente de seis nacionalidades, francesa, inglesa, alemã, polaca, eslovena e espanhola, o que constitui uma das maiores provas de Europa.

Segundo revelou ao V um dos principais organizadores, Ricardo Fernandes, bombeiro da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga e dirigente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, que é natural de Braga, residindo em Vila Verde, “o Bombeiro de Elite, na sua segunda edição, é uma das provas mais concorridas a nível europeu, que conseguimos em apenas dois anos, fruto do empenho da nossa corporação e de amigos”. Ricardo Fernandes explicou ao V “haver agora uma onda de inscrições”, após “ter sido atingido um patamar inicial de 250 bombeiros, mas temos capacidade de receber mais participantes, no limite poderíamos chegar até ao meio milhar de participantes, dada a colaboração de entidades, empresas e também de cerca de meia centena de voluntários”.

O desafio deste evento Bombeiro de Elite, é uma subida do Escadório do Bom Jesus do Monte, em Braga, através de uma prova de resistência, cujo objetivo é percorrer 615 metros, que tem desnível positivo de 116 metros, com 566 degraus, onde todos os participantes terão de envergar o Equipamento de Proteção Individual (EPI) completo com as botas de fogo e Aparelho Respiratório Isolante de Circuito Aberto (ARICA), no menor tempo, nisso consistindo este evento, que se realizou em outubro do ano passado.

A exemplo da primeira edição, em 2017, esta prova de resistência decorrerá no Monte do Bom Jesus, em Braga, nos mesmos moldes, mas agora com sete escalões etários para cada um dos géneros, feminino e masculino, “para ser assim mais justa a classificação de cada um dos concorrentes, em função da sua idade, como foi sugerido por um outro organizador da primeira hora, o atleta José Sousa, da ADN / Organização de Eventos Desportivos e que é o responsável por toda a parte técnica”, afirmou Ricardo Fernandes.

A primeira edição desta prova, Bombeiro de Elite, teve lugar em 7 de outubro de 2017, constituindo a primeira iniciativa do género em Portugal tendo como pano de fundo um monumento nacional, tendo os apoios da Câmara Municipal de Braga, da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, da ADN / Organização de Eventos Desportivos, Confraria do Bom Jesus e da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, para além de outras entidades, de empresas e voluntários que se têm vindo a associar a este evento.

Escrito por Joaquim Gomes

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação