Destaque Vila Verde

Festa de Santo Isidro. Carvalhosa celebra o padroeiro dos agricultores

Igreja da Carvalhosa (c) Luís Ribeiro / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

Numa altura que se vive intensamente a época das colheitas no concelho de Vila Verde, esta é a ocasião certa para dar graças ao céu pelo sustento que se retira da terra. Santo Isidro, padroeiro dos agricultores, dá o mote para um fim de semana (de 28 a 30 de setembro) repleto de atividades que se dividem entre ações eclesiásticas e momentos de diversão e de convívio. No Lugar da Carvalhosa (Vila Verde), a população local e visitantes têm a oportunidade de ver atuações de grupos musicais e de ranchos folclóricos, assistir às grandes sessões de fogo artifício e participar no ponto alto das festividades, a procissão.

Para garantir animação desde a primeira hora, comissão de festas colocará música gravada durante o período da manhã. O primeiro dia, sexta-feira, será ainda animado pela banda Amigos da Paródia, que lançou recentemente o terceiro trabalho discográfico. Um conjunto de homens movidos pela música tradicional levam para cima do palco concertinas, violas e cavaquinhos, entre outros instrumentos. Ao fim da noite acontece o primeiro espetáculo de pirotecnia do programa. O baile noturno de sábado é protagonizado pelo Grupo Top 5, composto por vários elementos de diferentes idades, com temas variados que vão desde a música popular até ao rock. O início está agendado para 22h00m. No final, haverá nova sessão de fogo-artifício.

Domingo é o último dia, mas é o que apresenta um programa mais alargado. A meio da manhã (11h), celebra-se a missa cantada por um grupo coral de Vila Verde e a parte da tarde fica reservada à oração e ao sermão em honra de Santo Isidro. A majestosa procissão será acompanhada com a fanfarra do concelho e vários andores floridos que prometem deixar um rasto de cor e devoção à sua passagem.

O ritmo de boa energia não abranda e, às 21h, há atuações de três grupos de folclore. Da casa chega o grupo folclórico de Vila Verde, depois o rancho folclórico de Corredoura Guimarães e, por fim, o rancho folclórico da Universidade do Minho (Braga), constituído por uma geração maioritariamente jovem. O desfecho das festividades é feito pela terceira grandiosa sessão de artifício, às 24h00m. A Comissão de Festas de Santo Isidro pretende, desta forma, dar continuidade à tradição, valorizando a personalidade religiosa que tem um significado especial para todos. A Festa em Honra de Santo Isidro está incluída na vasta programação turística-cultural da Rota das Colheitas, promovida pelo Município de Vila Verde.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação