Vila Verde

Vespas asiáticas deixam copas e constroem ninhos nos troncos de árvores

Redação
Escrito por Redação

É a novidade deste ano no que diz respeito à vespa-velutina, vulgo vespa asiática, que parece ter deixado a exclusividade dos ninhos principais na copa das árvores, passando a construir em buracos nos troncos, já perto das raízes.

A situação foi reportada esta tarde, em Aboim da Nóbrega, concelho de Vila Verde, onde estas vespas têm dizimado colmeiras inteiras. Três voluntários apicultores procediam à eliminação de ninhos com recurso a métodos caseiros quando encontraram um exemplar enfiado num tronco seco de uma árvore.

Segundo os apicultores, as vespas nunca tinham escolhido locais deste para colocar o seu ninho principal, que chega a comportar dezenas de milhares de vespas durante vários meses.

Estas vespas têm construído os ninhos nas entradas das florestas ou em árvores isoladas, o que permite a estes voluntários identificarem mais rápido o foco de destruição principal das suas abelhas.

Os voluntários acabaram por eliminar dois ninhos da vespa velutina, mas estima-se que já existem mais de duas dezenas espalhados só naquela freguesia.

Também noutro local da zona Norte de Vila Verde, na União do Vade, há registo de pelo menos dez ninhos eliminados desde o verão, altura em que as vespas começam a “atacar” e quando há maior oportunidade para eliminar os ninhos.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação