Destaque Vila Verde

Hélder Forte é candidato para devolver PSD de Vila Verde ao povo

Redação
Escrito por Redação

Hélder Forte, presidente da Junta de Cervães, assumiu a candidatura à presidência da comissão política do Partido Social Democrata (PSD) de Vila Verde. O também antigo vice-presidente da JSD assume em definitivo a candidatura a esta comissão com dois meses de antecedência das eleições que devem ocorrer a 30 de novembro. Do outro lado espera-se uma candidatura do sistema, liderada por António Vilela.

Em documento a que o V teve acesso, o autarca de Cervães fala aos “companheiros” de partido em Vila Verde, assumindo “saber para onde o PSD pode e deve caminhar”. “Tenho a firme convicção que as estruturas partidárias devem estar junto das pessoas, o PSD nasceu no seio do povo português e é exatamente aí que ele deve estar, um PSD do povo e para o povo”, refere o autarca.

Hélder Forte assume tomar esta decisão depois de ter refletido a nivel “pessoal, familiar e profissional” e está convicto que irá dar “um forte contributo para engrandecer o PSD de Vila Verde”.

Para reforçar a convição, Forte puxa dos galões como os da experiência como vice-presidente da JSD de Vila Verde, como vice-presidente do PSD de Vila Verde e como presidente da junta de Cervães. garantindo segurança de saber para onde o PSD “pode e deve caminhar”.

No documento, o jovem engenheiro aponta que pode dar um forte contributo para engrandecer o PSD de Vila Verde. “Tenho a firme convicção que as estruturas partidárias devem estar junto das pessoas, o PSD nasceu no seio do povo português e é exatamente aí que ele deve estar, um PSD do povo e para o povo”, escreve Hélder Forte.

“A minha candidatura integra uma equipa capaz e motivada e com representatividade em todo o concelho de Vila Verde. É uma candidatura que até ao dia das eleições quer juntar todos aqueles que desejam contribuir para o progresso do PSD e essencialmente, para o desenvolvimento da nossa terra. É uma candidatura de todos e para todos, sem exclusões, para a qual todos os contributos são bem-vindos. É uma candidatura que assenta no seu legado, considerando o trabalho presente e virada para o futuro. É uma candidatura para os militantes e para os vila-verdenses”, finaliza o autarca.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação