Braga Destaque

Braga. Detidas a furtar mais de 4.800€ no Nova Arcada pertencem a gangue da área de Lisboa

Redação
Escrito por Redação

Calçado, vestidos, casacos de luxo… Nenhum tipo de artigo de vestuário escapava às três mulheres que foram detidas este fim de semana enquanto furtavam artigos em lojas do cento comercial Nova Arcada, em Braga.

De uma loja passavam para outra, sempre de vestuário, onde seria mais fácil para as suspeitas colocar os artigos dentro de sacos adaptados propositadamente para furto de artigos sinalizados com alarme.

Forravam o saco com um revestimento de alumínio de forma a bloquear o sinal do alarme e desse modo ludibriar os arcos anti-furto à porta das lojas. Sem necessidade de remover o alarme dos artigos, método mais trabalhoso, acabavam por conseguir furtar rapidamente e em grande escala.

Acabaram por ser detetadas e retidas pela segurança daquele centro comercial que contactou a polícia. Ao local apresentaram-se agentes da PSP de Braga que recuperaram os artigos que estavam guardados em vários sacos, todos em posse das três mulheres, com 31, 36 e 46 anos de idade.

Ao que o Semanário V apurou, as três mulheres, com nacionalidades portuguesa e cabo-verdiana, pertencem a um grupo extremamente organizado da Área Metropolitana de Lisboa que efetua estes furtos em todos os grandes espaços comerciais do país.

Aguardam agora julgamento após medidas de coação decretadas esta segunda-feira pelo Tribunal de Braga.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação