Destaque Vila Verde

Vila Verde. “Fernas” no banco dos réus por diversos assaltos

Redação
Escrito por Redação

Fernando Malheiro, natural de Vila Verde, vai ser julgado por assaltos no concelho que terão alegadamente ocorrido na madrugada de 3 de novembro, terminando em tragédia junto à Ponte Nova da Loureira.

“Fernas”, como é conhecido no mundo do crime, foi identificado como sendo um dos três elementos do grupo que assaltou diversos estabelecimentos comerciais em Braga e Vila Verde naquela noite, fugindo depois à GNR de Vila Verde.

Segundo a acusação do Ministério Público, o grupo, composto por Malheiro, um menor com 15 anos e o malogrado André “Rato”, que morreu, alegadamente afogado no rio Homem quando tentava escapar às autoridades, terá tentado assaltar a pastelaria Montalegrense, em Braga, sem sucesso, não sem antes terem partido a montra principal causando elevados prejuízos.

O documento aponta ainda que o grupo está acusado de assaltos a dois cafés na freguesia da Lage, em Vila Verde, um na Estrada Nacional 201 e outro no interior da freguesia, mais próximo da igreja paroquial, de onde roubaram vários lotes de raspadinhas, que lhes valeu a alcunha de “Gangue das Raspadinhas” naquela noite.

Malheiro vai sentar no banco dos réus pelo crime de furto qualificado.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação