Vila Verde

Colheitas. Um cenário cheio de produtos agrícolas, animais e muita música!

Redação
Escrito por Redação

Já com os pés no fim de semana, a XXVII Feira Mostra de Produtos Regionais festejou em grande o mundo da agropecuária. No decorrer do dia de ontem (6 de outubro), a programação cultural da Festa das Colheitas abrangeu numerosas e diferentes atividades que conquistaram a atenção de milhares de visitantes e o entusiasmo dos vários participantes. Não há dúvidas que a XVII Festa do ‘Caurdo’ se revelou o momento de maior intensidade com um mar de gente a deliciar a excelência das mais de vinte receitas de caldos tradicionais. Contudo, o quarto dia ficou marcado por muitas mais iniciativas. Concursos e entregas de prémios de diferentes naturezas (com especial relevo para a novidade do concurso de desportos em madeira ‘Timbersports’), desfile dos animais bovinos, feira tradicional ‘Reviver o Passado’, o Festival Folclore Concelhio e muitos mais espetáculos musicais fizeram parte do programa diário que proporcionou ao público um sábado divertido com a tradição sempre no seu mais alto esplendor.

O dia da Agropecuária não parou um segundo com a mostra das grandes potencialidades do mundo rural. Logo pela manhã, foram muitos os amantes da lavoura que marcaram presença no Largo da Feira dos Porcos com os seus animais para participar nos dois concursos tradicionais intitulados de Pecuário Regional e Concelhio e de Raças Avícolas Nacionais. Uma competição saudável e com muita boa disposição à mistura, organizada pelo Município de Vila Verde e duas entidades locais, AMIBA e Cooperativa Agrícola de Vila Verde, reuniu mais de meia centena de animais bovinos (vacas e bois) e por volta de 80 aves. Entretanto, o recinto da Feira Mostra abriu as portas com os mais diversos stands a representar a cultura popular e com a segunda oportunidade de conhecer uma das novidades da programação deste ano: a exposição de esculturas em madeira criadas pelo artista Emanuel Curtot. A fome apertava e foram muitos que se chegaram até a Tenda da Gastronomia para apreciar os pitéus da cozinha tipicamente minhota dos diferentes restaurantes e tasquinhas da região no 13º Festival Gastronómico. Porém, houve quem deixasse o almoço para mais tarde para levar a cabo o famoso desfile dos animais, que, por força das obras na antiga adega, decorreu este ano entre o Largo da Feira dos Porcos e a Praça das Comunidades Geminadas (Campo da Feira). Por volta do 12h30, homens, mulheres, crianças e pessoas mais velhas, apoiados pelas varas, conduziram pela rua fora os seus animais atraindo a atenção não só dos vilaverdenses, como também de visitantes de várias partes do país e até mesmo do estrangeiro. No final, os agricultores regressam ao largo da Feira dos Porcos para a organização proceder à entrega de prémios para as três melhores classificações dos concursos iniciados na mesma manhã. Do primeiro ao terceiro vencedor houve direito a receber um diploma de participação e um envelope com um valor monetário. Contudo, os prémios não ficaram só por aí e os primeiros lugares receberam uma lembrança simbólica alusiva à cultura vilaverdense, isto é, um prato colorido de quadras e de senhos inspirados nos Lenços Namorar Portugal.

Feira tradicional para ‘Reviver o Passado’

O início ficou marcado pela azáfama da Feira Tradicional ‘Reviver o Passado’. Desde da abertura, a 15ª edição foi recebida de braços abertos e com grande entusiasmo de uma multidão que não deixou escapar a oportunidade de comprar os produtos agrícolas de excelência das terras locais. Batatas, pimentos, castanhas, cebolas e muitos mais alimentos frescos e de cores bem vivas foram comercializados no recinto por agricultores de todas as idades vestidos a rigor com trajes tradicionais. Sob a organização da Loja Interativa de Turismo de Vila Verde, a Tenda de Conferências recebeu mais um concurso com a broa caseira em destaque. Depois de atribuídas as pontuações às broas e feita a menção da honra da melhor decoração das cestas, elementos do júri e do Município de Vila Verde entregaram os respetivos prémios dos diferentes concursos (mel, doces típicos, broa e artesanato). No entanto, a tarde foi também altura de mostrar mais uma novidade do programa: o concurso de desportos em madeira ‘Timbersports’ que, desde do primeiro momento, aproximou e seduziu vários visitantes. O concerto da Academia de Música de Vila Verde e a Mostra de Talentos foram as duas iniciativas que se seguiram de forma a tornar o dia mais dinâmico com a presença de vários jovens artistas locais.

O delírio da XVII Festa do ‘Caurdo’

Uma pilha de broas cortadas, várias tigelas em castelo e muitas pessoas na bilheteira a garantir o seu lugar. Foi assim que a famosa festa do ‘Caurdo’ começou a dar sinais de grande folia. Já mais pela hora do jantar, a fila para saborear as mais de vinte receitas de caldos tradicionais parecia não ter fim. Confecionados com os produtos locais por diferentes grupos folclóricos vilaverdenses, os caldos foram acompanhados com broa e vinho à discrição. Pelo espaço, as pessoas tinham ao dispor diversos folhetos com as receitas das diferentes sopas. No total, foram consumidos mais que quinhentos litros de caldo. Desta forma, a XVII edição da iniciativa gastronómica destacou-se como um dos momentos altos da Festa das Colheitas com vários momentos de intensa alegria e muito convívio. Em simultâneo, as tasquinhas e restaurantes do recinto do festival gastronómico também não tinham mãos a medir tal foi a adesão popular.

O dia terminou com mais dois espetáculos musicais com grande adesão e animação. Primeiro com um estilo mais clássico a reinterpretar vários temas conhecidos do público, durante a atuação da Banda Musical de Vila Verde e, posteriormente, com o grande Festival Folclórico Concelhio, em que subiram ao palco nove grupos culturais vilaverdenses. Um serão onde a plateia não escondeu o entusiasmo através dos fortes aplausos no fim das canções. Hoje, o dia é de encerramento da XXVII Feira Mostra de Produtos Regionais. No entanto, ainda há muito para fazer e conhecer. Entre muitas iniciativas a decorrer, a Corrida de Cavalos, o XXII Encontro de Tocadores de Concertinas e a Demonstração de Desportos em Madeira ‘Timbersports’ são as atividades em destaque durante a parte da tarde.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação