Cultura Vila Verde

Filme vencedor do NY Portuguese Short Film Festival exibido em Vila Verde

Redação
Escrito por Redação

Depois de anunciar as datas e o primeiro nome do evento (Luís Preto com trabalho de fotografia), a Bullire levanta um pouco mais o véu e apresenta mais alguns nomes do cartaz do Cooltourall. Duas curtas metragens, um novo trabalho de fotografia e um grupo musical para abrir o apetite para a mostra artística que está já aí ao virar da esquina. Vamos conhecê-los melhor…

“COOL é poder assistir ao filme vencedor do NY Portuguese Short Film Festival 2017”, reitera a Bullire nas redes sociais, fechando a primeira leva de confirmações para o Cooltourall 2018. “Carga”, filme escrito e realizado por Luís Campos, que já colaborou com a Bullire no primeiro Cooltourall, é a história de dois rapazes que são forçados a tomar parte ativa no tráfico de substâncias ilícitas. A curta-metragem mereceu honrosas distinções e é um dos destaques do certame.

“A arte do Pasteleiro”, projeto fotográfico do vilaverdense João Ferreira, editado num livro único, será apresentado ao público pela primeira vez. O retrato da vida de um pasteleiro, o seu pai, que “tem como principal foco captar momentos únicos e alertar para a constante decadência da arte dos pasteleiros”.

A exibição das curta-metragens “Palmira” e “Marasmo” e a participação dos vilaverdenses Trio ImPar foram outras das revelações dos últimos dias. “Palmira” é um retrato filmado de uma das protagonistas de “Mulheres da Raia”, documentário apresentado no Cooltourall 2016. A exibição contará com a presença da realizadora Diana Gonçalves. “Marasmo” é um filme de Gonçalo Loureiro, que aborda as vidas de um camionista em espiral recessiva, sua omnipresente mulher e a esquecida filha de ambos.

Pedro Costa, Rita Fernandes e Andreia Marques são os jovens músicos vilaverdenses que compõem o “Trio ImPar” e prometem espalhar bonitos acordes de flauta, viola e violoncelo pela Biblioteca Municipal de Vila Verde. O Cooltourall traz ‘Artes para todos’ nos dias 20 e 21 de outubro, com atividades que se dividem entre a Biblioteca Municipal Prof. Machado Vilela e a Letraria, da Cerveja Artesanal Letra. ‘Artes para todos’, todas com entrada livre.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação