Braga Destaque

Alunos do Sá de Miranda desenvolvem projetos de cidadania e urbanismo

(c) Mariana Gomes / Semanário V
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

“Ver um problema da sua área social, de escola ou de residência, analisar um problema que existe e tentar delinear uma solução” é o objetivo do projeto “Nós Propomos! Cidadania e Inovação na Educação Geográfica”, que mobiliza escolas de todo o país.

Lisboa foi a cidade pioneira no projeto que se espalha agora por 7 países do mundo. O projeto “Nós Propomos!” é promovido pelo Instituto de Geografia e Ordenamento de Território da Universidade de Lisboa/IGOT e pela ESRI Portugal, e pretende promover uma efetiva cidadania territorial local e, simultaneamente, tem por finalidade promover a parceria entre universidades, escolas, autarquias, empresas e associações.

Pela quinta vez em Portugal, com o apoio da Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica/Ciência Viva, a escola secundária Sá de Miranda apresentou o projeto esta manhã, com a presença da vereadora da Cultura, Lídia Dias, o vereador de Urbanismo, Miguel Bandeira, a diretora do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda, Antonieta Silva, e o professor responsável pelo projeto na escola, José Matos.

A cerimónia iniciou com a entrega de prémios aos alunos do 12.º anos que participaram no ano anterior e levaram os projetos aos órgãos do Município que, posteriormente, foram apresentados em Lisboa.

Para os problemas encontrados e as soluções apresentadas, Antonieta Silva explica que os alunos “têm de saber, muitas vezes, de quem são os terrenos, o que se poderia fazer, por isso é que eles trabalham com empresários e vão construindo o seu conhecimento, baseado nesse projeto. É evidente que, muitas vezes, os jovens fazem projetos a pensar no que poderia dar lugar a espaços culturais e sociais para eles próprios”.

Trata-se de uma iniciativa internacional, que promove parcerias entre escolas e universidades e é apoiado pelo Ministério da Educação e Ciência, através da Direção-Geral da Educação, cujo objetivo do projeto inserido no Estudo de Caso de geografia de 11.º ano, “é a análise dos problemas que afetam uma determinada região e a proposta de soluções para o problema em questão”, adianta o professor José Matos.

“O projeto “Nós Propomos!” tem esta característica, que é olhar o território e pensar sobre ele”, descreve a vereadora da Cultura, Lídia Dias, e acrescenta, referindo que os alunos se apresentaram ao melhor nível e “deixaram o Município de Braga muito orgulhoso”.

“Este projeto é um pretexto para conhecermos mais a terra onde vivemos e nós próprios”, refere o vereador do Urbanismo, Miguel Bandeira. O projeto pretende promover a cidadania territorial local, numa perspetiva de governança e sustentabilidade. O vereador adianta que “o mais importante não é tanto o produto, a proposta em si, mas todo o trabalho de conhecimento do território, do trabalho de grupo e das ideias que vão marcando”.

Neste momento, o grande protagonista, na região de Braga, é a escola secundária Sá de Miranda. Em 2016, este projeto mobilizou cerca de 1.600 alunos e professores de geografia de todo o país. No dia 29 de Abril do próximo ano, os alunos serão levados a Lisboa, ao Seminário Nacional para a apresentação dos projetos.

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista