Destaque Vila Verde

Professora em Esposende e Viana morre ao tirar selfie no Panamá

Redação
Escrito por Redação

Uma professora portuguesa de 45 anos morreu na sexta-feira no Panamá ao cair de uma varanda de um 27.º andar quando tentava tirar uma “selfie”, noticiou, este sábado, a imprensa local citando a polícia.

Segundo a polícia, a portuguesa, Sandra Manuela da Costa Macedo, tinha título de residente no Panamá, mas chegara ao país há pouco tempo.

Ao que o Semanário V apurou, a vítima mortal reside em Viana e foi professora na Escola Alberto Rodrigues Sampaio, nas Marinhas, concelho de Esposende, e no Agrupamento Frei Bartolomeu dos Mártires, em Viana do Castelo. É natural da Vila das Aves, concelho de Santo Tirso e tem dupla nacionalidade.

O acidente ocorreu na sexta-feira, cerca das 10 horas locais (16 em Portugal continental), no bairro de El Cangrejo, na Cidade do Panamá, segundo a polícia.

A imprensa panamiana publica um vídeo em que se vê o acidente, filmado por operários que trabalhavam num edifício próximo e tentaram avisar a vítima do perigo ao verem-na sentar-se no corrimão da varanda, segundo o jornal panamiano La Critica.

Um estudo divulgado no princípio deste mês concluiu que entre 2011 e 2017 pelo menos 259 pessoas morreram ao tentar tirar uma ‘selfie’ em situações perigosas.

O acidente está entre os tópicos mais comentados por entre o Twitter na comunidade da américa latina com o hashtag #selfiedemuerte.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação