Braga Desporto Destaque

Bracarense “complicou a vida” aos melhores do mundo

José Correia felicitado pelo italiano Lucio Peruggini (c) Joaquim Gomes
Redação
Escrito por Redação

O piloto José Correia, de Braga, foi melhor entre os sete pilotos portugueses, tendo sido felicitado no final das corridas pelos três únicos concorrentes que o superaram, todos eles corredores italianos, na prova FIA Hill Climb Masters, que este fim de semana decorreu em Gubbio, Perugia, Itália, onde se destacaram igualmente mais três pilotos bracarenses.

Naquela cidade medieval, o principal vencedor da Categoria 1, o italiano Lucio Peruggini, fez questão de conhecer pessoalmente José Correia, campeão português de montanha de grandes turismos, bem como o seu carro de alta competição, um Nissan GTR Nismo GT3.

José Correia conquistou a média final de 1’41.17, logo a seguir a um trio de italianos, Lucio Peruggini, Marco Iacoangeli e Luca Gaetani, a tripular os três, respetivamente, Ferrari 458 GT3, BMW Z4 GT e Ferrari 458 Itália GT3, na principal prova da categoria.

Fazendo o balanço desta incursão pela mais prestigiada prova mundial de automobilismo de montanha, o líder da JC GROUP RACING TEAM, José Correia afirmou ao V “ter a nossa participação sido muito positiva, em todos os aspetos, sempre com grande espírito de equipa, entre todos os portugueses, provando a vitalidade da modalidade em Portugal”.

José Correia aproveitou para agradecer “o fantástico apoio” da claque bracarense Portugal Hillclimb FANS, liderada por Rui Ramoa, à volta do piloto bracarense Sérgio Nogueira.

Mais bracarenses em destaque

Nas montanhas envolventes de Gubbio destacaram-se igualmente mais três pilotos, todos bracarenses, nas respetivas categorias, sendo Manuel Correia (segundo), Pedro Marques (quinto) e Sérgio Nogueira (sexto), tendo competido com os melhores pilotos do mundo.

Manuel Correia foi o segundo melhor classificado entre a equipa portuguesa, que a nível de equipa obteve o 13º lugar, naquela que constituiu a estreia lusa em termos coletivos ao nesta prova internacional de automobilismo de montanha, que se realiza pela terceira vez, mas em que o conjunto português se estreou entre 20 equipas com tradição na modalidade.

No sábado, dia de treinos, Manuel Correia teve o melhor tempo entre os sete portugueses, com Pedro Marques a confirmar também o seu bom momento de forma e Sérgio Nogueira a surpreender igualmente pela positiva, piloto cada vez mais ráido e objetivo nas estradas.

Já os transmontanos Luís Nunes e Joaquim Teixeira classificaram em quarto e quinto, enquanto o beirão Pedro Coelho Saraiva ficou pelo sétimo lugar, mas no plano coletivo teve melhor prestação, contribuindo decisivamente para o 13º lugar da equipa portuguesa.

Esta competição, que se disputa de dois em dois anos, concentra os principais pilotos de montanha do mundo, na região de Perugia, com o conjunto luxemburguês Luxemburgo a ganhar, logo seguido pelas equipas italiana e eslovena, sempre muito atentes às subidas, na cidade medieval de Gubbio, sendo os portugueses capitaneados por Nuno Guimarães.

Escrito por Joaquim Gomes

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação