Braga Destaque

Top Model de Braga fechou temporada com desfile Chanel na Moda Paris

1 de outubro Paris - Chanel
Redação
Escrito por Redação

2018 foi um ano de confirmação para Maria Miguel, 18 anos, modelo profissional natural de Braga, depois de participar em 23 desfiles, terminando a época a “arrasar” na Semana de Moda de Paris, em desfile para Chanel, no início deste outubro, onde foi recriada uma praia da Riviéra.

 

Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an

 

CHANEL SS19 Ending fashion month with @chanelofficial at the beach!! Thank you for having me in your show again🏖☀️ #chanelbythesea

Ein Beitrag geteilt von MARIA MIGUEL🦕 (@mariamiguel.2000) am

A modelo já tinha desfilado em Paris para aquela emblemática marca em março deste ano, ao fechar o desfile da coleção de outono/inverno de 2018.

A bracarense, que prossegue os estudos na área de Economia/Gestão, começou a dar nas vistas aos 15 anos, depois de vencer o concurso L’Agence Go Top Model em finais de 2016, que lhe valeu a capa da edição portuguesa da revista Vogue.

No início de 2017 desfilou na Moda Lisboa, celebrando depois um contrato para ser rosto exclusivo da Yves Saint-Laurent, o que lhe valeu, ainda em 2017, abrir a Semana de Moda de Paris para aquela marca [Saint Laurent], algo que nenhuma outra modelo portuguesa alcançou.

Durante este ano de 2018, Maria Miguel, já sem exclusividade da Saint Laurent, brilha nas passerelles em Nova Iorque, Londres, Milão e Paris, para marcas de renome internacional como Tom Ford, Carolina Herrera, Ralph Lauren, Escada, Prada, Roberto Cavalli e Versace, Dior, Saint Laurent, Isabel Marant e Stella McCartney e Chanel. Conta também com mais de 11 milhões de seguidores na rede social Instagram.

Com 1,80m de altura, Maria Miguel viveu em Braga, Luanda e Porto até se mudar para Paris. Praticante de futebol até entrar no mundo da Moda, revela nas entrevistas internacionais que “um dia perfeito” é passado no Gerês. Gosta de ler e a música favorita é Back to Black, de Amy Winehouse.

“Ser escolhida para trabalhar exclusivamente para a Saint Laurent causou uma série de mudanças da minha vida. Mudar-me para Paris, ter uma rotina totalmente diferente, longe da família, dos amigos, deixar de ir à escola. Abrir o desfile da marca, em Paris, acabou por me dar uma projeção que, até então, nunca tinha tido”, confessa a modelo que se tem desdobrado em entrevistas durante 2018.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação