Cultura Vila Verde

Pico de Regalados. Feiras Novas regressam neste fim de semana

Redação
Escrito por Redação

É na vila de Pico de Regalados que encerra mais um mês da Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, uma programação turístico-cultural de promoção da cultura popular e da tradição minhota.

Não faltam motivos de interesse e o Largo da Feira está pronto para receber as centenárias Feiras Novas, que este ano decorre entre os dias 26 e 28 de outubro. Três dias intensos de atividades diversificadas que prometem captar a atenção de milhares de pessoas, proporcionando uma autêntica viagem pelos saberes e sabores do mundo tradicional.

Com a animação musical e os momentos de convívio assegurados, a iniciativa dá a picoenses e visitantes a oportunidade de assistir e participar nas recriações de práticas agrícolas ancestrais, de degustar a qualidade da gastronomia regional e observar a autenticidade das feiras tradicionais e da criatividade do artesanato.

Quem não vai querer deixar escapar o evento são os amantes da arte equestre, com as múltiplas atividades que lhe estão associadas. A exposição de cavalos lusitanos, o passeio a cavalo, o espetáculo equestre, a garraiada e a emblemática corrida de cavalos de passo travado prometem ser um dos grandes destaques das ‘Feiras Novas’, promovendo um ambiente único e festivo ao público presente.

O certame conta com vários séculos de história e a matriz tradicional está a cargo da A.C.D.R. do Pico de Regalados e da Junta da União de Freguesias de Pico de Regalados, Gondiães e Mós.

César Cerqueira: “Queremos que as iniciativas sejam inovadoras”

O presidente da Junta da União de Freguesias não esconde a satisfação pelo sucesso das edições anteriores e espera que este ano o evento continue na mesma toada, uma aliança harmoniosa entre tradição e modernidade. “Procuramos seguir a ideologia tradicional com recurso a atividades associadas ao mundo rural, mas queremos que as iniciativas sejam inovadoras, tanto quanto possível, tornando a iniciativa mais dinâmica”, realça César Cerqueira. Com objetivos bem definidos, o autarca sublinha que a iniciativa tenha um alcance cada vez mais abrangente e uma presença consolidada na agenda regional. Destaque também para uma iniciativa muito recente, a 2ª edição do Free Trail, “no ano passado, a novidade correu muito bem e acreditamos que este ano ainda vai correr melhor”. O passeio de cavalos também regressa em força e com novidades na bagagem. Desta vez, inclui uma rota de prova de vinhos regionais de diversos produtores locais. César Cerqueira sublinha ainda que a Rota das Colheitas é fundamental para uma maior promoção e divulgação do evento, no entanto não esquece o potencial das Feiras Novas. “É também interessante para a Rota ter a nossa festa no seu programa…é bom para ambas as partes”, concluiu César Cerqueira.

Equídeos são reis nas famosas Feiras Novas

As portas do evento abrem no final do dia da próxima sexta-feira, às 21h00, com quatro atividades agrícolas tradicionais frequentes do meio rural. Pelo recinto, há a demonstração da desfolhada e malhada do milho, com a construção da respetiva meda de palha, e um magusto típico. No dia seguinte, a programa começa de manhã cedo e estende-se pela noite dentro, começando logo às 08h00 com grande variedade de produtos tradicionais em exposição na feira franca e as mostras de equídeos e bovinos. A parte da tarde é preenchida com duas atividades que vão fazer as delícias dos apaixonados pelos equídeos e não só. A Corrida de Passo Travado, que costuma atrair sempre uma multidão, chega às 15h e, passadas três horas, é tempo da garraiada. Após o jantar, a animação musical dá um ar da sua graça com as desgarradas minhotas (20h30) e com as mais de duas dezenas de rusgas populares, às 21h00.

Um domingo repleto de alegria e animação

No último dia, 28 de outubro, a manhã traz consigo a feira franca, que se prolonga durante o resto do dia. Às 9h00, segue-se o II Free Trail ‘Feiras Novas’ e o III Passeio a Cavalo, que tem as provas de vinhos de vários produtores regionais como novidade no roteiro. A manhã fecha com uma celebração religiosa, agendada para as 11h. A tarde de domingo das Feiras Novas espera-se repleta de energia e boa disposição. O espetáculo equestre e o desfile etnográfico são duas atividades que, habitualmente, captam a atenção do público e que, mais uma vez, prometem alegrar a plateia. Cabe ao Festival de Folclore fechar as festividades com a presença de quatro grupos culturais, três naturais do concelho de Vila Verde e um vindo de fora, que prometem animar o recinto com as danças e cantares tradicionais.

As Feiras Novas do Pico de Regalados contam centenas de anos de história que, desde sempre, procurou promover e difundir a cultura do Minho e projetar o nome da própria terra e mesmo de Vila Verde. Nesse sentido, encontra-se inserida na programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, que, de agosto a novembro, se desenrola em mais de trinta iniciativas em diferentes freguesias com o objetivo de preservar as raízes do mundo rural.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação