Destaque Vila Verde

Aos 90 anos, padre António Rodrigues deixa paróquia de Freiriz

DR
Fernando André Silva

António Rodrigues, de 90 anos, deixou hoje de ser pároco de Freiriz, a seu próprio pedido, anunciou a Arquidiocese de Braga em comunicado.

O padre, que foi nomeado para esta paróquia em 1992, aponta “razões de saúde e idade” para deixar de exercer funções como pároco na freguesia. António Rodrigues deixa também de ser vice-arcipreste de Vila Verde, cargo que ocupava desde 2013.

A saída foi confirmada pelo Arcebispo de Braga e Primaz das Espanhas, Dom Jorge Ortiga, que já nomeou um novo pároco para aquela freguesia do arciprestado de Vila Verde – o Pe. Manuel Fernandes, que acumula a partir de agora Freiriz com as paróquias de Oleiros e Cervães. Já o pároco Fernando Senra foi nomeado como novo vice-arcipreste.

Pe. Rodrigues no Centro Social de Freiriz (c) Facebook / CSF

Nascido a 17 de outubro de 1928, Pe. Rodrigues, como era carinhosamente tratado pelos paroquianos de Freiriz, foi ordenado pároco em 1954. Foi arcipreste de Vila Verde entre 2008 e 2013 e capelão dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde. Foi também pároco em Gondiães, Mós e Barbudo.

Em novembro de 2007, após uma luta de anos, o pároco logrou assistir à desejada inauguração do Centro Social e Paroquial de Freiriz. Após 15 anos de luta com “chumbo” de candidaturas a fundos estruturais, o pároco decidiu “avançar sozinho” para a construção daquele espaço, apontando que Freiriz e a zona envolvente não dispunham de um equipamento social para infância e terceira idade.

O pároco, na altura da inauguração, disse mesmo, em declarações ao jornal Correio do Minho, que alguns idosos “nunca tinham vivido como gente”, antes de conhecerem o novo equipamento que foi pago com “economias da paróquia, ajudas de amigos, esmolas e apoios do Governo”.

Pe. Rodrigues celebra missa (c) Facebook / CSF

O na altura presidente da Câmara de Vila Verde, atual eurodeputado José Manuel Fernandes, disso ao mesmo jornal que sem o Pe. Rodrigues “a obra não estaria aqui”.

A inauguração do espaço motivou mesmo a primeira visita de um governante a Freiriz, no caso, o secretário de Estado da Segurança Social que não teve dúvidas em afirmar que “a população da freguesia vai lembrar do Pe António Rodrigues porque trouxe o bem-estar social à freguesia”.

Apesar da “reforma” nas funções eclesiásticas, António Rodrigues mantém funções de presidente da direção do Centro Social e Paroquial de Freiriz, anunciou a arquidiocese.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista