Vila Verde

Vila Verde vota orçamento de 37,9 ME que privilegia funções sociais

Câmara Municipal de Vila Verde.
Agência Lusa
Escrito por Agência Lusa

A Câmara de Vila Verde vota na sexta-feira a proposta de Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019, que aponta para um investimento global de 37,9 milhões de euros, 57% dos quais destinados a funções sociais.

Em comunicado divulgado, a Câmara, de maioria PSD, sublinha que o Orçamento para 2019 é superior em um milhão de euros ao do corrente ano.

“As funções sociais, com uma fatia global que ascende a mais de 21 milhões de euros (cerca de 57%), voltam a conhecer um investimento muito significativo, com o objetivo de continuar a elevar o nível de vida das pessoas e de contribuir para o bem-estar de todos os vilaverdenses”, refere o comunicado.

Daquelas funções sociais, destaca a edução, com um investimento direto superior a cinco milhões de euros.

O comunicado acrescenta que o exercício de 2019 coloca ainda o foco numa “clara aposta” na proteção da economia local, das empresas e das famílias, destinando uma fatia de 3,1 milhões de euros às funções económicas, com vista ao crescimento e à criação de emprego.

Um objetivo que a Câmara diz que “continuará a ser perseguido”, com a implementação de políticas fiscais indutoras de novos investimentos, suscetíveis de captar novas famílias residentes e “particularmente atrativas” para os jovens casais.

O acesso a serviços básicos, como o abastecimento público de água e o saneamento, conta com um investimento estimado em perto de sete milhões de euros.

Para o ordenamento territorial, o Orçamento prevê um investimento global superior a cinco milhões de euros, centrado em vetores como a mobilidade, as acessibilidades, a reabilitação urbana e urbanística e o planeamento da ocupação e do crescimento territoriais.

Comentários

Acerca do autor

Agência Lusa

Agência Lusa