Braga Destaque

Prémios. Braga nomeada para “Município do Ano” em 2018

Braga (c) FAS / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

Os municípios de Braga e de Ponte de Lima estão entre os 32 nomeados para “Município do Ano”, cerimónia que decorre no próximo dia 16 de novembro, às 17h, no Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães. Fonte do município indicou ao Semanário V que a nomeação deve-se ao projeto “School Bus”.

A organização destes prémios cabe à Universidade do Minho, através da plataforma UM-Cidades, e ao Município de Guimarães, vencedor da ediçao de 2017.

Esta quinta edição contou com 56 candidaturas, estando nomeados projetos de 35 municípios para nove categorias e para o grande prémio final. A sessão prevê as intervenções do reitor Rui Vieira de Castro, do coordenador da UM-Cidades, Paulo Pereira, e do presidente do município anfitrião, Domingos Bragança.

O concurso visa reconhecer as boas práticas de projetos implementados pelos municípios com impacto no território, na economia e na sociedade, promovendo o crescimento, a inclusão e a sustentabilidade. Pretende também colocar na agenda a temática da territorialização do desenvolvimento, perspetivada a partir da ação das autarquias, bem como valorizar realidades diversas que incluam as cidades e os territórios de baixa densidade nas diferentes regiões do país.

A iniciativa foi ganha em 2014 pelo município de Lisboa (projeto “Há Vida na Mouraria”), em 2015 por Vila do Bispo (projeto “Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza”), em 2016 pelo Fundão (projeto “Academias de Código”) e em 2017 por Guimarães (projeto “Pay-as-You-Throw no Centro Histórico de Guimarães”).

Os finalistas nomeados em 2018 são Avis, Coruche, Santarém e Sines (Alentejo); Albufeira, Alcoutim e Loulé (Algarve); Cascais, Lisboa, Mafra e Sesimbra (Área Metropolitana de Lisboa); Arouca, Espinho, Gondomar e Vila Nova de Gaia (Área Metropolitana do Porto); Águeda, Mealhada, Oliveira do Hospital e Seia (Centro); Figueira de Castelo Rodrigo, Idanha-a-Nova, Lousã e Sátão (Centro com menos de 20 mil habitantes); Braga, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Vila Real (Norte); Alfândega da Fé, Armamar, Montalegre e Valpaços (Norte com menos de 20 mil habitantes); Horta, Madalena do Pico, Ribeira Grande e Vila Praia da Vitória (Regiões Autónomas).

Palestra com especialista da mobilidade antecede atribuição dos prémios

A entrega dos dez galardões vai ser antecedida às 16h pela conferência “Como os municípios podem contratar transportes públicos e partilhados”, proferida por Robert Stussi, vice-presidente da Associação Portuguesa do Veículo Eléctrico.

Notícia atualizada às 13h50

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação