Braga

Prémio financeiro para escolas do ensino básico em concurso no IKEA

Inauguração IKEA Braga / DR
Redação
Escrito por Redação

Está de volta à IKEA a campanha “Vamos Brincar para a Mudança”, que pretende premiar duas escolas do ensino básico [1.º ciclo] com um donativo financeiro.

A Escola Básica da Glória, em Aveiro foi o projeto vencedor do ano passado, que se destacou pela criação de espaços e soluções de brincadeira espontânea, com um elevado potencial de sustentabilidade. O projeto recebeu um donativo de 12 mil euros da IKEA e permitirá às 198 crianças do primeiro ciclo brincar mais e melhor no seu dia a dia.

Nesta segunda edição, a IKEA irá duplicar a valor do donativo e apoiar dois projetos que promovam mais e melhores condições para diferentes tipos de brincadeira.

O valor correspondente às vendas da coleção limitada SAGOSKATT de 2018 reverterá para a implementação dos projetos.

“Na IKEA, acreditamos que brincar é essencial para todas as pessoas, na criação de um melhor dia-a-dia em casa. Brincar torna-nos mais criativos, fortes e ativos, para além de estimular o nosso desenvolvimento e despertar a curiosidade. Através desta campanha, esperamos incentivar para a importância de brincar no dia-a-dia de todas as pessoas, seja em casa ou nas escolas”, refere Cláudia Domingues, responsável de comunicação e sustentabilidade da IKEA Portugal.

A responsável acrescenta: “Sabemos que as crianças passam a maior tempo nas escolas e que a carga horária letiva é cada vez maior. A primeira edição do concurso superou nossas expectativas e, por isso, decidimos voltar a desafiar as escolas do ensino básico e desta vez apoiar dois projetos diferentes. Estamos preparados para ser surpreendidos com novas soluções que permitam às crianças brincarem e desenvolverem todas as suas capacidades.”

As escolas interessadas deverão apresentar a sua candidatura online, até 31 de dezembro, na página da internet da campanha “Vamos Brincar para a Mudança”.

Entre 1 de novembro a 24 de dezembro, a IKEA desafia os seus cientes a aderirem a este movimento e a viverem momentos de brincadeira em família, seja nas lojas ou em casa.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação