Destaque Vila Verde

Vila Luena com jantar ao som do melhor do Fado, em Vila Verde

DR
Redação
Escrito por Redação

O Restaurante Vila Luena, de Vila Verde, está a preparar mais um jantar diferente e apelativo que junta a excelência da gastronomia minhota aos sons inconfundíveis do tradicional Fado, numa aliança harmoniosa entre duas famosas artes lusitanas. Inserida na programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, a iniciativa decorre no dia 17 de novembro, sábado, com o início marcado pelas 21h e cumpre um duplo propósito. Por um lado, proporcionar aos clientes momentos para apreciar e se deliciarem com a qualidade dos pratos da casa. Por outro, admirar música ao vivo do Fado interpretada pelas vozes e guitarristas da região do Minho.

No que toca à carta de menus, o restaurante propõe aos clientes duas sugestões: o saboroso bacalhau acompanhado com batatas a murro e grelos e o lombo de boi com castanhas, ananás grelhado e queijo da serra. Para deixar o paladar mais doce, o Restaurante Vila Luena sugere pudim Abade de Priscos, maçã assada, vários tipos de fruta e ainda queijo da serra para a sobremesa. No entanto, a organização põe em cima a mesa outras alternativas para quem não simpatizar com essas iguarias. Os interessados devem reservar previamente os seus lugares. Neste momento, são já muitos os espanhóis que não deixaram escapar a oportunidade e têm os seus nomes na lista de reservas para o jantar, mas a sala ainda tem lugares disponíveis para um serão bem passado em terras vilaverdenses.

“Silêncio que se vai cantar o fado!”

Como um dos responsáveis da casa, Abel Pimenta está feliz com as edições anteriores e espera que este ano se repita a adesão habitual: “É sempre bom. Recebemos sempre muita gente, inclusive os nossos vizinhos da Espanha. Nós até temos uma parceria com o turismo da Galiza, eles vêm cá e nós vamos lá, uma espécie de intercâmbio. Espero que seja bem-sucedida, tal como as edições anteriores. Trabalhamos para isso!”. (risos) Para o dono do restaurante, os espanhóis são grandes apreciadores da gastronomia minhota e revela que os ingredientes que se usam são caseiros para os pratos ficarem mais saborosos. “Os espanhóis gostam do nosso bacalhau, do nosso melhor bacalhau. Também usamos bom azeite. Além disso, a broa de milho é feita à moda antiga, chegamos a fazer a fermentação no dia anterior. A comida tradicional é assim que se faz!”, conta Abel Pimenta.

Logo após o jantar, o espaço é ocupado pelas canções do fado lusitano nas vozes de artistas da zona do Minho. Prometem-se momentos únicos, de emoção e respeito, “como se costuma dizer, silêncio que se vai cantar o fado!”. O organizador considera ainda que integrar na programação Na Rota das Colheitas é relevante para uma maior divulgação do evento gastronómico. “Tudo contribui para chamar atenção das pessoas e a Rota e mesmo a comunicação social trabalham nisso e ajudam muito”, conclui. O ‘Jantar com o Fado e ementa tradicional portuguesa’ continua com as inscrições abertas a toda população e garante deliciar todos os participantes com a qualidade da gastronomia da região do Minho, confecionada com mestria pelo Restaurante Vila Luena.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação