Braga Destaque

Braga. Semáforos na passadeira da estação para diminuir espera no trânsito

Passadeira da estação, na Rua do Caires (c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Luís Pedroso, presidente de junta das freguesias de Maximinos, Sé e Cividade, quer reduzir em 40% o trânsito automóvel na Rua do Caires e apresentou três medidas para o efeito.

Ao Semanário V, o autarca eleito pela coligação PSD/CDS-PP explicou que uma dessas medidas passa por semaforizar a passagem pedonal situada ao fundo da rua, que serve maioritariamente utentes da estação de comboio.

Hoje a Rua do Caires, que liga a rotunda Santos da Cunha à rotunda da estação de comboios, é uma das “manchas negras” da cidade para o trânsito em hora de ponta, como refere Luís Pedroso.

Passadeira da estação, na Rua do Caires (c) FAS / Semanário V

“A Rua do Caires é uma das três manchas negras da cidade em hora de ponta e para mudar isso são precisas várias intervenções”, salienta, explicando que é de “conhecimento geral” que o caos se gera no sentido Maximinos / Estação, e não em sentido inverso.

“Temos aqui um problema que se chama Estação de Comboios de Braga, que a obra, quando foi feita deviam ter acautelado uma passagem subterrânea para os peões atravessarem a Rua do Caires”, diz o autarca, revelando que já solicitou a semaforização dessa passadeira à Câmara de Braga.

Passadeira da estação, na Rua do Caires (c) FAS / Semanário V

“Já está pedida a semaforização desta zona porque, no horário de ponta, os peões vão constantemente espaçados e o trânsito embarga e faz fila. É o primeiro problema que identificámos para que se crie mais trânsito naquela rua e já foi pedida a semaforização da passadeira para ordenarmos a circulação de peões naquele local. Esse pedido estava já no meu programa eleitoral e entretanto obtive resposta afirmativa da Câmara de Braga”, diz Luís Pedroso.

A Câmara de Braga terá garantido que a médio prazo irá ser elaborado um estudo/projeto de intervenção na envolvente da estação da CP que embarcará este atravessamento. Luís Pedroso pretende que essa intervenção seja feita ainda durante 2019, e com a implementação de semáforos.

Restantes medidas em destaque na edição impressa do Semanário V desta semana, já nas bancas

Luís Pedroso quer ainda uma intervenção na rotunda do Largo de Maximinos [topo da Rua do Caires] para permitir o acesso direto à Rua Lopes Gonçalves, até agora impedido para quem circula na rotunda.

A outra medida, é a criação de uma via que serve os automobilistas que descem a Lopes Gonçalves, direcionando-os para meio da Rua Nova da Estação, já perto de Real, não havendo necessidade de passagem na Rua do Caires.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista