Destaque Vila Verde

Ataque de cães faz dois feridos junto ao centro de saúde de Vila Verde

DR
Fernando André Silva

Duas mulheres ficaram com ferimentos depois de terem sido atacadas por uma matilha de cães de rua, na passada terça-feira.

Uma matilha com cerca de uma dezena de cães terá mordido uma primeira vítima, em frente ao centro de saúde em Vila Verde, tendo a mesma recebido tratamento naquele local.

Passado algumas horas, um novo ataque da mesma matilha a uma habitante de Vila Verde, que acabou por deixar marcas numa perna, tendo rasgado calça e parte de uma camisa.

Segundo contou ao Semanário V a vítima do segundo ataque, Teresa Silva, a matilha estaria junto às escadas de um edifício situado nas imediações do centro de saúde.

“Eu ia a passar e vi-os lá mas não liguei. De repente começaram todos a ladrar e rodearam-me. Um dos cães mais pequenos chegou-se logo e mordeu-me numa perna. Foi tudo muito rápido e fiquei ali imóvel. A minha mãe estava dentro do carro a ver tudo e entrou em pânico”, conta.

A situação durou poucos segundos, mas os suficientes para deixar a perna de Teresa Silva em sangue. A mesma deslocou-se no imediato ao centro de saúde onde recebeu tratamento. Foi-lhe receitado um antibiótico.

“A culpa não é dos bichos”

Teresa Silva diz não guardar ressentimento dos cães, até porque é dona de dois. “Não tenho qualquer problema com os bichos, a culpa é de quem os abandona, que não tem coração”, refere a vila-verdense.

Ao que apurámos, Teresa Silva terá também apresentado uma notificação nos serviços da Câmara de Vila Verde onde pede um alerta para esta situação.

“Já fui ao canil e vejo jaulas com vários cães dentro. Eles lá também não têm grande dignidade naquele espaço pequeno”, salienta.

Fonte da autarquia disse ao V que a matilha de cães estará a ser recolhida pelos serviços municipais.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista