Vila Verde

Braga. Há uma exposição sobre árvores únicas no centro de Braga

Sérgio Freitas
Redação
Escrito por Redação

Foi ontem inaugurada em Braga, a exposição “A Floresta”, patente no Largo São João do Souto até 10 de janeiro.

A exposição destaca a Floresta, um dos ecossistemas terrestres com maior biodiversidade no mundo e que conservam o património de milhares de milhões de anos de evolução.

Sérgio Freitas

“Esta iniciativa é um excelente exercício de educação ambiental”, disse Ricardo Rio na inauguração. “Deixo o repto a todos os bracarenses e aos muitos visitantes que nesta época estão na cidade para visitarem a exposição e aprenderam mais sobre estes temas”, acrescentou.

A exposição apresenta um percurso pelas principais espécies árboreas da Península Ibérica, a sua ecologia e ligação com o ser humano. Apresenta cinco exemplares excecionais de árvores de Portugal que por motivos morfológicos, históricos ou culturais são considerados únicos.

Trata-se da primeira exposição itinerante da Fundação ”la Caixa” em Portugal. Esta mesma exposição – adaptada agora à realidade de Portugal – teve mais de um milhão de visitantes nas várias cidades de Espanha onde esteve presente.

Actualmente, a Península Ibérica tem 21,6 milhões de hectares de floresta, o que corresponde a 36% da sua superfície total, pouco menos de 60 milhões de hectares.

É uma das regiões com mais biodiversidade no continente e com maior área florestal, sendo essa riqueza evidente na grande diversidade de espécies de flora e fauna que habitam as suas florestas.

Neste sentido, a exposição apresenta dezoito das espécies mais representativas de toda a Península Ibérica.

Sérgio Freitas

A exposição pode ser visitada de segunda-feira a sexta-feira, das 12h30 às 14h e das 17h às 21h, e aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 14h e das 17h às 21h.

O horário nas férias de Natal (de 17 de dezembro a 7 de janeiro, inclusive) é das 10h30 às 14h e das 17h às 21h. Nos dias 24 e 31 de dezembro pode ser visitada das 11h às 14h (fechado da parte da tarde) e dias 25 de dezembro e 1 de janeiro estará encerrada.

A entrada é gratuita.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação