Vila Verde

“Temos uma enorme divergência com o Governo”, disse Catarina Martins em Braga

Catarina Martins / Facebook
Agência Lusa
Escrito por Agência Lusa

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, afirmou na sexta-feira, em Braga, que o partido tem “uma enorme divergência” com o Governo em relação à forma como está a ser feita a consolidação orçamental.

Numa reunião com militantes, para discutir a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), Catarina Martins defendeu que “a despesa pública precisava de crescer mais”, acompanhando o crescimento da economia.

“Temos uma enorme divergência com o Governo em relação à forma como é feita a consolidação orçamental. A economia está a crescer, mas o investimento nos serviços públicos não está a crescer ao mesmo ritmo”, referiu.

Da mesma forma, criticou o facto de a economia estar a crescer mais do que os salários.

Em relação à proposta de OE2019, Catarina Martins disse que o Bloco apresentou cerca de 190 propostas para alteração na especialidade, sublinhando que “é preciso conseguir mais”.

“Os impossíveis são sempre bastante relativos”, declarou, aludindo a lutas, bem-sucedidas, travadas nos Orçamentos anteriores em matérias como descongelamento de pensões ou mexidas no IRS.

Catarina Martins disse que cada um dos Orçamentos aprovados na atual legislatura significa mil milhões de euros de rendimentos devolvidos às famílias.

“São quatro mil milhões de euros de rendimentos que estão de volta às famílias”, enfatizou.

Comentários

Acerca do autor

Agência Lusa

Agência Lusa