Destaque Região

Vem aí um Museu do Design Português. E vai ficar em Barcelos

Design Museum of London / DR
Fernando André Silva

A Casa Conde de Vilas Boas, edifício situado no centro da cidade de Barcelos, vai passar a ser o Museu do Design Português pelo menos durante os próximos onze anos.

O anúncio é feito pela Câmara de Barcelos que fechou um protocolo com um colecionador privado que disponibilizou todo o acervo [mais de 500 peças de referência], que, estima-se, estão avaliadas em mais de um milhão de euros.

A obra que estará em exposição pertence ao colecionador e designer Paulo Parra, que aceitou o protocolo durante esta semana. Por entre o acervo do novo museu, encontram-se peças da Vista Alegre, Bordalo Pinheiro, Porcelanas de Coimbra e TAP.

“Trata-se de um património artístico único na história do design, inovação e tecnologia portuguesas, pelo que o seu valor, embora difícil de quantificar, dado não existirem referências nacionais ou internacionais, que possibilitem uma comparação, pela sua qualidade única, se estima em valor nunca inferior a um milhão de euros”, assegura a Câmara de Barcelos.

O investimento público é de 15 mil euros no primeiro ano e 35 mil euros anuais nos restantes dez anos.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista