Braga Destaque

Este calçado raso é usado por duquesas e modelos. E foi criado em Braga

Josefinas (c) Mariana Gomes / Semanário V
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

Nasceram em Braga, em 2013, num escritório perto da Taberna Belga, e já percorreram o mundo. Foi esse mesmo escritório que abriu este sábado uma pop-up para os fãs da marca terem a oportunidade de experimentar o calçado criado à mão e, ainda, comprar com 15% de desconto, caso o modelo existisse em stock, ou fazer a encomenda. Os modelos da marca já passaram pelos pés da Duquesa de Sussex ou da modelo Sara Sampaio, que usou uns ténis, feitos à mão em Portugal, de pele genuína azul, que estão à venda por 385 euros.

Sara Sampaio calçou um par destes, mas em azul (c) Mariana Gomes / Semanário V

A marca de calçado, já usado por diversas figuras públicas, foi criada para todas as mulheres que gostam de sapatos rasos, mulheres independentes, urbanas e que gostam de se sentir bem com elas e não precisam de “validação social do salto alto”. Por essa razão, a marca só cria sapatos rasos.

Este ano celebram o quinto aniversário da marca. As Josefinas nasceram em 2013, com Maria Filipa e Sofia Oliveira. Esta revelou que a ideia surgiu, porque queriam “criar uma marca que fosse de sapatos rasos para mulheres independentes, porque acreditamos que as mulheres não precisam de saltos altos para se sentirem na sua melhor versão, portanto nós só criámos rasos”.

O negócio começou em Portugal, “sempre a pensar na ótica para o mundo”, e foram caminhando. Está é a segunda pop-up a nível nacional, tendo o ano anterior passado por Lisboa. Nova Iorque foi a primeira cidade a receber uma loja própria, durante um ano. Sofia Oliveira, a relações públicas da marca explicou que se trata de “uma marca naturalmente digital e, nesse sentido, vamos criando pop-ups estratégicos”.

Josefinas com um dia do digital ao físico na cidade de Braga (c) Mariana Gomes / Semanário V

Começaram em Nova Iorque, depois rumaram a Lisboa, porque todos os dias recebiam “imensas mensagens de clientes a pedir para trazer a marca para a capital, porque queriam conhecer e experimentar”, por essa razão decidiram fazer uma pop-up surpresa. Braga recebeu a pop-up das Josefinas em comemoração dos 5 anos da marca, porque quiseram “trazer a marca onde tudo começou”.

Apesar da marca ser natural de Braga, a primeira loja física abriu em Nova Iorque. “Porque não?” Foi a pergunta da Joana, “é a capital do mundo e era um mercado muito importante para nós e continua a ser, os Estados Unidos em geral”, continua. Foi nesse sentido que a primeira loja da marca abriu, como sendo uma “validação do mercado e uma montra viva daquilo que é a Josefinas”.

Muitos dos pares da marca contribuem a favor de organizações que dão poder às mulheres, revelou Sofia. “Existe um símbolo e a marca está vincada pelas crenças feministas”, afirma. As Josefinas lançaram, em maio deste ano, um modelo 100% vegan, constituído com pele sintética e borracha, “mas igualmente confortável e ajustável”, garante.

Duquesa utilizou par com gatos (c) Mariana Gomes / Semanário V

Celebridades como a Sara Sampaio, a Megan Markle, a Jessica Biel ou a Chiara Ferragni já calçaram as Josefinas e são fãs da marca. ” O que fazemos é contar a nossa história e as pessoas e clientes alinham-se com a nossa marca. Mais do que ter um sapato bonito é aquilo que a marca significa e é por aí que essas pessoas, mesmo celebridades, se ligam muito a nós”. A relações públicas da marca explica que as publicações da Megan Markle ou da Sara Sampaio não foram pagas. “A Jessica Biel foi à loja em Nova Iorque com o Justin Timberlake e comprou lá um par”, igual ao modelo usado pela modelo portuguesa. “Nós podemos enviar o par, mas não pagamos pela publicação. Com a Megan Markle, enviamos o par e ela estava no set de ‘suits’ e tirou uma foto e publicou. Nós não dizemos ‘publica’, dizemos ‘nós somos isto, acreditamos nisto’ e como também associamos sempre a mulheres que representam esses valores, e a Megan é uma feminista, por isso quisemos dar a experimentar o calçado a uma pessoa que representa os nossos valores”.

No futuro, o objetivo é calçar celebridades como a Oprah que, tal como referiu a Sofia, representa todos os valores que a marca pretende passar ao mundo.

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista