Braga Destaque

Braga. Condenado grupo que aterrorizou presidente de junta

Redação
Escrito por Redação

Um grupo de três homens foi esta semana condenado entre um a três anos de prisão suspensa pela prática de tentativa de extorsão a um presidente de junta do concelho de Braga.

Segundo avança a edição em papel do jornal Correio da Manhã, o juiz acabou por considerar a “elevada intensidade de culpa dos arguidos e ilicitude dos factos” e por “dois dos arguidos já terem antecedentes criminais”.

O caso remonta a 2015, quando Igor Barbosa, que frequentava a casa do antigo presidente da junta de Escudeiros, Orlando Gomes, decidiu fazer telefonemas anónimos para o autarca, tentando que o mesmo lhe entregasse 5.000 euros, caso contrário “a família ia sofrer consequências”.

Na altura, o autarca contactou a GNR de Braga que montou uma armadilha ao grupo. O autarca deixou o dinheiro no São João da Ponte, na cidade de Braga, e quando o grupo o foi recolher, a GNR entrou em ação, e deteve os suspeitos agora condenados.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação