Braga Destaque

Despista-se numa ravina em Braga, foge à GNR e acaba detido

Rua de Sto António , em Pousada (c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Um homem de 78 anos foi detido, já em casa, por condução com excesso de álcool no sangue, ao final da tarde deste domingo depois de ter estado envolvido em um despiste e abandonado a viatura numa ravina, na encosta da sinuosa Rua de Santo António, em Pousada, concelho de Braga.

Rua de Sto António , em Pousada, é local de fraca visibilidade (c) FAS / Semanário V

O aparato da ocorrência motivou alerta por parte de populares pelas 17h48, com a Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga a empenhar equipa de desencarceramento para o local. No entanto, quando lá chegaram, o condutor tinha fugido.

“À nossa chegada para o desencarceramento já não havia lá ninguém. O sinistrado terá abandonado o local pelo próprio pé e deixou lá a viatura”, disse fonte dos Sapadores. Ao que o Semanário V apurou, os militares destacados para a ocorrência acabaram por encontrar o condutor, procedendo à detenção do mesmo.

Rua de Sto António , em Pousada (c) FAS / Semanário V

Contactada a GNR de Braga, foi confirmada a informação que os militares procederam à identificação do condutor da viatura já em casa do mesmo, em uma freguesia do concelho de Braga.

O homem acabou por ser detido por elevada taxa de álcool no sangue, constituído arguido com Termo de Identidade e Residência e deve ser amanhã presente ao Tribunal de Braga.

O abandono pelo condutor do local do acidente é considerada uma contra-ordenação “muito grave” nas circunstâncias referidas no n.º 2 do artigo 89.º do Código da Estrada, punível de dois meses a dois anos de prisão.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista