Braga Destaque

PSP “descruzou” grupos políticos e evitou confrontos em Braga

FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Vários agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Braga estiveram destacados durante a tarde de sábado para prevenir um eventual confronto entre membros de uma aruada do Partido Nacional Renovador (PNR) e elementos da Frente Unitária Antifascista de Braga.

PNR em Braga (c) FAS / Semanário V

Pelo menos quatro elementos fardados foram mobilizados, com três a fazer acompanhamento na via pública durante a aruada e outro a ser destacado para junto dos manifestantes anti-fascistas, no Campo da Vinha.

PNR em Braga (c) FAS / Semanário V

Chegou a existir um pequeno momento de tensão durante a tarde, com um protestante anti-fascista a insultar os nacionalistas, junto ao cemitério de Braga. A pronta intervenção dos agentes da PSP, que acalmaram os ânimos e impediram que o jovem se aproximasse do grupo, evitou outro tipo de confronto.

PSP acalmou manifestante anti-fascista

Os nacionalistas tinham inicialmente marcada para algumas ruas da cidade aquela aruada, o que terá sido atempadamente comunicado à PSP. Esse pedido não incluiu o Campo da Vinha, onde se encontravam os manifestantes anti-fascistas.

Frente Unitária Antifascista FAS / Semanário V

No entanto, o grupo do PNR acabou por se dirigir ao Campo da Vinha, mas confinados a outro perímetro e sempre sob o olhar dos agentes da PSP, que permitiu que o grupo fosse “beber uma cerveja” num café, mas sem se poderem aproximar dos manifestantes anti-fascistas, a cerca de 300 metros.

PNR em Braga (c) FAS / Semanário V

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista