Destaque Vila Verde

Associação de Prado visitou “lugar que não calha no itinerário de nada”

Redação
Escrito por Redação

No último sábado, dia 1 de dezembro, a Associação J+ com sede na Vila de Prado, foi ao encontro das “Gentes de Agrações” – Agrações e Póvoa de Agrações -, aldeias que ficam a aproximadamente 25 km de Chaves, situadas, diz a associação, “no alto da Serra, que não calham no itinerário de nada”

“Não calhando no itinerário de nada, o J+ escolheu-o para um dia de “Olhares e encontros com as gentes de Agrações” na sua já habitual Tertúlia Natalícia”, refere a associação em comunicado.

“Chegamos com sorrisos e com vontade de conhecer estas gentes. Gente simpática e acolhedora. Após as naturais reservas iniciais, justificadas logo com o desabafo: ninguém quer saber de nós”, refere o mesmo comunicado.

“Entre dificuldades e necessidades, foram partilhando suas histórias, suas memórias que ouvimos com toda a atenção, tentando perceber onde moram os sonhos destas gentes. Despedi-mo-nos com a gratidão recíproca de poder partilhar estes momentos, num abraço e num até à próxima”, aponta a J+.

“Regressamos a pensar que cada uma destas histórias, é parte da história duma aldeia portuguesa – com gente e vida -, que sentem a falta de tantas pequenas coisas que a elas têm direito, mas esquecidas quase sempre por quem governa e decide”, refere a associação paradense.

“Pequenas coisas que fariam grande o respeito por esta gente e levar um pouco mais de alento e conforto fazendo-os sentir que são portugueses e que não estão esquecidos”, finalizam.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação