Braga Desporto Destaque

Empresa de Braga vai construir um carro de Fórmula para quebrar recordes

Miguel e Nuno Abreu, sócios e mentores do projeto junto de um F2
Redação
Escrito por Redação

A Racingpixel lda, empresa de Braga ligada ao desporto automóvel, quer criar e construir carro de fórmula capaz de bater o recorde oficial do Circuito de Braga, para criar uma nova fórmula no panorama do automobilismo Português. No entanto, a empresa não avança qual a categoria de Fórmula será patente no novo monolugar.

No dia 20 de dezembro, será lançada a “primeira pedra” de um novo carro fórmula de elevada performance desenvolvido em Braga, pela RacingPixel em parceria com a Escola de Engenharia da Universidade do Minho, e o KIB- Karting Investimentos de Braga que gere o Kartodromo Internacional e o Circuito Vasco Sameiro.

O evento de apresentação do projeto decorrerá na Salão Max Mosley, no KIB, e não podendo apresentar já a versão final da fórmula, será possível visitar uma “box virtual” e conhecer assim o carro. Também será possível fazer umas voltas ao volante do simulador, no novo fórmula, ao circuito de Braga, numa experiência criada pela SKETCHPIXEL, empresa tecnológica de Braga e parceira para o efeito.

O projeto, conta para além da parceria do KIB e da Universidade do Minho, com a colaboração de empresas de tecnologia como a Sketchpixel, e empresas ligadas à F1 (ViaGP)… outras parcerias estão em fase de finalização e poderão ser mesmo apresentadas no evento de lançamento

Sobre a BREUCA

A ideia da BREUCA, diz a empresa em comunicado, surgiu da falta de uma categoria de fórmulas no desporto automóvel em Portugal. “O projeto começou a ser elaborado há mais de dois anos, e desde então tivemos inúmeras reuniões, troca de ideias com pessoas ligadas à F1, F2, F3, Karting, pilotos, mecânicos, etc, estudos de custos, performance, segurança, tecnologias,… nada foi descurado”, diz o comunicado.

“Procuramos os parceiros para poder levar o projeto para a frente e tivemos uma grande abertura do KIB, sem o qual seria muito difícil poder fazer a evolução em pista, e também da Escola de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho, que trabalhará juntamente com Breuca na evolução e mapeamento da unidade motriz, aerodinâmica e eletrónica. Serão utlizados simuladores CFD e IA no desenvolvimento da parte aerodinâmica para se conseguir os objetivos propostos”, avançam.

“A primeira versão deverá começar a rolar já em março, e prevemos ter a versão do fórmula pronta para comercializar em meados de setembro. Em paralelo será trabalhado pela sketchpixel um sistema de simulação, que permita que jogadores virtuais, lutem contra pilotos reais em pistas, nos dias corridas em tempo real ou gravando os dados da telemetria”, revela o mesmo comunicado.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação