Destaque

Gestão do Hospital de Braga disponível para prolongar PPP

Fachada do Serviço de Urgências do Hospital de Braga / DR
Fernando André Silva

A ministra da Saúde, Marta Temido, admitiu esta tarde durante uma comissão parlamentar que o Hospital de Braga pode voltar à gestão pública em agosto do próximo ano, quando terminar o atual contrato com o parceiro privado.

Segundo declarações da governante feitas esta tarde, há “indisponibilidade definitiva” do gestor privado em prolongar o atual contrato de gestão público-privada.

No entanto, em comunicado a responder às declarações da ministra, a gestão a cargo do grupo José de Mello Saúde manifestou interesse em prolongar o contrato.

Aquela administração reforçou no comunicado que está “desde o primeiro momento, disponível para o prolongamento do Contrato de Gestão da PPP do Hospital de Braga, dentro do atual modelo contratual, desde que esclarecidas as condições de execução do contrato e de sustentabilidade financeira da parceria“.

As declarações de Marta Temido referiam que “tanto quanto é do conhecimento, houve já uma indisponibilidade definitiva do parceiro privado para continuar a operar”, algo que os gestores privados desmentem.

Marta Temido sublinhou ainda que é uma matéria “muito complexa face àquilo que envolve o Hospital de Braga” sobre a qual se tem que “trabalhar com o maior cuidado”.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista