Destaque Região

Barcelos. Presidente da Câmara chama mentiroso ao líder do PSD concelhio

Miguel Costa Gomes, edil de Barcelos.
Redação
Escrito por Redação

Miguel Costa Gomes, presidente da Câmara de Barcelos, foi acusado pelo líder da concelhia do PSD de fazer “ajustes diretos milionários” no que diz respeito à segurança das instalações municipais.

José Novais acusou o edil eleito pelo PS de “falta de transparência”, apontando o último contrato celebrado entre a autarquia e a empresa G Protect, no valor de 570 mil euros durante 26 meses.

Em declarações ao Jornal de Notícias, o edil refere que o líder do PSD está a mentir, esclarecendo que aquele contrato foi celebrado através de concurso público, e não por ajuste direto.

“Lamento que o PSD esteja a ser dirigido por um mentiroso. Não posso usar outro adjetivo que não seja mentiroso, porque o contrato a que se refere foi um contrato feito com concurso público, e não com ajuste direto”, disse o edil ao JN. Costa Gomes acrescenta ainda que os gastos com segurança foram reduzidos quando comparados com os celebrados durante o período de governação PSD naquele concelho.

No entanto, José Novais referiu no comunicado que Barcelos é “campeão dos ajustes diretos”, apontando “mais de 90%” dos contratos feitos dessa forma.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação