Cultura Destaque Vila Verde

UMinho recebe exposição de Alfredo Cunha, o “fotógrafo de Vila Verde”

Redação
Escrito por Redação

Alfredo Cunha, um dos mais conceituados fotojornalistas em Portugal, e que reside na freguesia de Sabariz, Vila Verde, expõe a partir desta sexta-feira até ao dia 31 de janeiro dezenas de fotografias que ilustram pobreza, doença, destruição e guerra, captadas em vários países.

A exposição, com o nome “Olhar e Ajudar”, está patente na fachada do edifício do Largo do Paço, em Braga, e tem apoio da reitoria da Universidade do Minho.

Alfredo Cunha nasceu em 1953 em Celorico da Beira, na Guarda. Começou a sua carreira profissional em 1970, tendo registado alguns dos episódios mais marcantes da Revolução dos Cravos.

Trabalhou nos principais jornais nacionais, como O Século, Público e Jornal de Notícias, e em agências noticiosas. Foi ainda fotógrafo oficial dos presidentes da República António Ramalho Eanes e Mário Soares.

Já recebeu diversas distinções e homenagens, destacando-se a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique e as menções honrosas atribuídas no Euro Press Photo 1994 e no Prémio Fotojornalismo Visão | BES de 2007 e 2008.

Nas últimas décadas publicou dezenas de livros, incluindo “Raízes da Nossa Força”, “Os Rapazes dos Tanques”, “Toda a Esperança do Mundo” e “Fátima – Enquanto Houver Portugueses”, além de ter organizado as exposições “Portugal Livre” e “Da Descolonização à Cooperação”, entre outras.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação