Braga Destaque

Temperatura mínima já é mais baixa em Braga do que em Toronto

Mixões da Serra (Vila Verde)
Fernando André Silva

O distrito de Braga encontra-se todo em aviso amarelo e é um dos que mais sofre com o frio, sobretudo durante a madrugada.

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA), no concelho de Braga, é esperada temperatura mínima de três graus negativos [-3º] para esta madrugada e ainda para a madrugada de terça-feira.

Fonte: IPMA

A temperatura desce de tal ordem que chega a ser inferior à temperatura mínima esperada para os mesmos dias na cidade de Toronto, no Canadá, um dos países mais conhecidos pelo clima rigoroso no inverno e onde a mínima rondará os 0 graus.

No entanto, enquanto os habitantes de Toronto sofrem com uma descida da temperatura mínima para -11º já na próxima quinta-feira, a cidade de Braga mantém as previsões das mínimas a rondar os -2 graus negativos durante toda a semana.

Fonte: Weather.com

O distrito de Braga encontra-se sob aviso amarelo até ao próximo dia 9 de janeiro devido à persistência de valores baixos da temperatura mínima.

Segundo dados do IPMA, a temperatura mínima mais baixa em Braga desde que há registo foi de -6,3 graus negativos, no dia 25 de dezembro de 2001.

Apesar das baixas temperaturas durante a madrugada, Braga pode atingir temperaturas máximas de 17 graus até à próxima quarta-feira, devendo baixar a máxima para 13 graus durante o resto da semana.

Cuidados a ter com o frio

Perante a previsão de tempo frio para os próximos dias a Direção-Geral da Saúde recomenda que sejam tomadas as seguintes precauções:

Verificar a manutenção dos equipamentos utilizados para aquecimento antes de os utilizar;
Se utilizar lareiras, braseiras, salamandras ou equipamentos a gás mantenha a correta ventilação das divisões de forma a evitar a acumulação de gases nocivos à saúde;
Não utilizar equipamentos de aquecimento de exterior (esplanadas) em espaços interiores;
Antes de se deitar ou sair de casa certifique-se de que apagou ou desligou os equipamentos de aquecimento, de forma a evitar fogos ou intoxicações;
Tenha especial atenção com os idosos e crianças para evitar queimaduras.

As pessoas mais vulneráveis ao frio são:

Crianças;
Idosos;
Doentes crónicos, principalmente com problemas respiratórios e cardiovasculares;
Os sem-abrigo;
Pessoas cuja habitação tenha mau isolamento térmico.

Proteja-se: Use várias camadas de roupa adequadas à temperatura ambiente;
Proteja as extremidades do corpo (use luvas, gorro, meias quentes e cachecol);
Ingira bebidas e alimentos quentes.

Para mais informação ligue para a Linha Saúde 24 (808 24 24 24).

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista