Braga Destaque

Cruz Vermelha de Braga assinala 35 anos com simulacro na cidade

Simulacro da Cruz Vermelha em Braga © DR
Redação
Escrito por Redação

A Delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa, dia 14 de janeiro, faz 35 anos de serviço da Estrutura Operacional de Emergência, antiga Unidade de Socorro.

A equipa de Socorro e Transporte da EOE de Braga é constituída por 70 voluntários e 13 colaboradores assalariados. É esta equipa que todos os dias responde aos mais variados serviços, desde transferências inter-hospitalares, transportes particulares, transportes de utentes para clinicas de fisioterapias, dá resposta à emergência pré-hospitalar, sendo ativada pelo INEM.

Simulacro da Cruz Vermelha em Braga © DR

Presta ainda apoio médico sanitário em eventos públicos, de caráter desportivo, cultural, musical, religioso e social como por exemplo maratonas, jogos de futebol, concertos, peregrinações, festas populares e atos sociais. Tendo no ano de 2018 realizado 6895 Transferências hospitalares e serviços ARS, 901 emergências médicas e 130 apoios médico-sanitário a eventos com a sua frota que envolve 1 ambulância medicalizada, 3 ambulâncias de emergência e 4 viaturas de transporte de doentes não urgentes.

Em articulação com a Coordenação Nacional de Emergência e outras entidades de socorro intervém em situações de catástrofe e de exceção.
Para sinalizar a data, Manuel Rodrigues da 1ª Escola da antiga Unidade de Socorro de Braga, voluntário há 35 anos, com a colaboração de uma equipa de antigos voluntários e colaboradores, estão a dinamizar alguns eventos que visam dar a conhecer a atividade desta valência, no sentido de homenagear as centenas de voluntários que de alguma forma deram o seu contributo no trabalho desenvolvido ao longo destes anos.

Simulacro da Cruz Vermelha em Braga © DR

O programa previsto iniciou no dia 5 de janeiro com a abertura de uma exposição interativa na WEB com o tema 35 anos de Emergência CVP Braga. No dia 12 de Janeiro será realizado um Exercício Simulacro (15h30) Rua do Raio- Braga – demonstração de meios e atividades desenvolvidas e um Jantar convívio nas instalações da Delegação da CVP (20h) para reunir voluntários e colaboradores que fazem parte do percurso da EOE e outros membros da Delegação de Braga. No dia 14 pelas 18.30, na igreja de S.Victor, será realizada uma missa comemorativa dedicada a todos os voluntários e colaboradores. Esta momentos comemorativos serão encerrados com um Porto de Honra pelas 21.30h nas instalações da EOE com colaboradores e voluntários da estrutura.

Ana Sofia Peixoto, coordenadora da Estrutura Operacional de Emergência, afirma que “o voluntariado é uma das forças desta organização e um dos princípios fundamentais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho e que se afirma e enaltece no serviço da emergência. Os voluntários da Estrutura Operacional de Emergência são excecionais pelo seu profissionalismo, dedicação e esprito de equipa e estes aspetos fazem toda a diferença nos resultados”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação